Shows

Quatro cantoras se apresentam em Belo Horizonte durante a semana; escolha a sua preferida e aproveite

Shows de Maria Alcino, Samanta Schmütz, Raquel Coutinho e Bebel Gilberto estão agendados

Por: Rafael Rocha - Atualizado em

Harper Smith - Karina Alaor - João Bertholini - Jardiel Carvalho
(Foto: Redação VejaBH)

Quatro cantoras se apresentam na capital durante a semana. Escolha a sua preferida e aproveite

Bebel Gilberto

Uma das cantoras brasileiras mais conhecidas nos Estados Unidos, Bebel tem boa música no sangue. É filha de João Gilberto e Miúcha e sobrinha de Chico Buarque. No disco Tudo, ela gravou Tom Jobim e prestou homenagem a Neil Young, um de seus músicos favoritos. A bossa nova, no entanto, continua presente, ainda que de forma tangencial. 12 anos.

Cine Theatro Brasil Vallourec (200 lugares). Rua dos Carijós, 258, Centro, ☎ 3201-5211. Sexta (26), 21h. R$ 100,00 a R$ 120,00. Bilheteria: 11h às 21h (seg. a sáb.); 10h às 19h (dom.). Cd: todos. Cc: todos.

Samantha Schmütz

A comediante, claro, é daquelas que tiram sarro de tudo. Mesmo quando não está em algum seriado humorístico de gosto questionável, como Zorra Total, da Rede Globo, ou Vai que Cola, do Multishow. No riso ela é boa, não há dúvidas, mas agora a baixinha também mostra seus dotes musicais. Neste show, ela faz releituras de hits pop junto da banda Brasov e também arranca gargalhadas com suas intervenções.

Cine Theatro Brasil Vallourec (200 lugares). Rua dos Carijós, 258, Centro, ☎ 3201-5211. Sábado (27), 21h. R$ 100,00. Bilheteria: 11h às 21h (seg. a sáb.); 10h às 19h (dom.). Cd: todos. Cc: todos.

Raquel Coutinho

Timbres da música afro-brasileira mesclados a percussão corporal e texturas de voz. Assim se apresenta o novo trabalho da cantora mineira, chamado Mineral. O percussionista Marcos Suzano, o tecladista Sacha Amback e o guitarrista Mauricio Negão a acompanham no palco.

Teatro Bradesco (613 lugares). Rua da Bahia, 2244, Lourdes, ☎ 3516-1360. → Quinta (25), 20h30. R$ 30,00. www.teatrobradescobh.com.br. IR.

Maria Alcina

O exagero faz parte do íntimo da cantora, nascida na cidade mineira de Cataguases. Plumas, maquiagem e paetês servem como boa moldura para uma irreverência necessária. Ela lança o disco De Normal (Bastam os Outros), seu álbum mais recente e recheado de inéditas de autores como Zeca Baleiro e Arnaldo Antunes. Mesmo com mais de quarenta anos de carreira, a cantora continua ativa e questionadora.

Teatro Bradesco (613 lugares). Rua da Bahia, 2244, Lourdes, ☎ 3516-1360. → Sexta (26), 21h. R$ 80,00. www.teatrobradescobh.com.br. IR.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE