Shows

Shows: 04 a 11 de maio

Por: Rafael Rocha - Atualizado em

CROSBY, STILLS & NASH. Em Woodstock (1969), o maior festival de rock de todos os tempos, eles estavam lá. Na época, gravaram seu primeiro disco, Crosby, Stills and Nash, considerado pela revista Rolling Stone como um dos 500 melhores álbuns da história. O encontro do trio folk havia se dado pouco tempo antes: cada um era remanescente de outra banda. Neil Young chegou a fazer parte do grupo, mas não demorou a sair. Os atuais integrantes também já se separaram três vezes. Neste show, canções clássicas serão executadas, como Woodstock, Marrakesh Express, Déjà Vu, Our House, Almost Cut My Hair, For What It's Worth, entre outras. 16 anos. Chevrollet Hall

(5 500 lugares). Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230, Savassi, ☎ 2191-5700. → Sábado (12), 22h. R$ 160,00 a R$ 240,00. Bilheteria: 12h/20h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom. e feriados). Cc: A, V, M e D. Cd: V e M. TF.

FORFUN. Há dez anos na estrada, o grupo conseguiu se consolidar musicalmente e ser reconhecido em todo o Brasil. A banda carioca mistura reggae, rock e funk. Seu terceiro disco revela uma nova fase, com letras de temática espiritual e psicodélica. A referência assumida é o pernambucano Chico Science. Alegria Compartilhada, o álbum mais recente deles, foi produzido por Daniel Ganjaman, um dos nomes mais importantes da cena musical hoje, e conta com a participação do rapper Black Alien. A banda Ramirez e o DJ Selecta Conecta abrem o show. 16 anos. Music Hall (1 500 lugares). Avenida do Contorno, 3239, Santa Efigênia, ☎ 3271-7237. Sábado (12), 20h. R$ 60,00 a R$ 90,00. Ingressos à venda nas lojas Leitura do BH Shopping e Savassi, na Fnac do BH Shopping e na loja Ingresso Rápido do Shopping 5ª Avenida. IR.

JUCILENE BUOSI. Parte do repertório é de compositores do sul de Minas Gerais, onde a cantora mora. A voz doce da intérprete embala a apresentação, que celebra o lançamento de seu segundo disco, Um Retrato. O show, realizado em um dos cartões-postais da capital, conta com composições de Milton Nascimento, Fátima Guedes e Alceu Valença. A performance cênica da artista merece atenção, já que Jucilene também é atriz com experiência na área: atuou em grupos de teatro experimental, corais e óperas. Chegou às semifinais do Concurso Internacional de Canto Lírico Bidu Sayão (Belém/PA) em 2006. Seu trabalho mais conhecido é o monólogo 1984 — Uma Leitura Musical, baseada na obra de George Orwell (1903-1950). Ao seu lado, a banda Rolleiflex, formada por Eloá Gonçalves (piano), Marco Lobo (percussões) e Lara Ziggiatii (cello). Livre. Museu de Arte da Pampulha (400 lugares). Avenida Otacílio Negrão de Lima, 16585, Pampulha, ☎ 3277-7996. Neste domingo (6), 11h. R$ 10,00. Ingressos à venda na loja Acústica CDs (Rua Fernandes Tourinho, 300, Savassi) e na bilheteria do museu (aberta somente duas horas antes da apresentação).

KARINA BUHR. A performática cantora estourou em 2010 com o lançamento de seu primeiro disco Eu Menti pra Você. No mesmo ano foi eleita artista revelação pelo VMB da MTV Brasil, artista do ano pela Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) e seu álbum figurou entre o Top 10 da revista Rolling Stone. No fim de 2011, lançou o segundo disco, Longe de Onde. Seus shows costumam ser marcados pela energia, descontração e pela empolgante presença de palco. Buhr desembarca em Belo Horizonte após turnê nos Estados Unidos e na Europa. 18 anos. Granfinos (850 pessoas). Avenida Brasil, 326, Santa Efigênia, ☎ 3241-1482. Sexta (11), 22h. R$ 30,00 a R$ 50,00. Cd: M e V.

LENINE. Leia em Veja BH Recomenda. 12 anos. Grande Teatro do Palácio das Artes (1 705 lugares). Avenida Afonso Pena 1537, Centro, ☎ 3236-7400. → Sexta (11), 21h. R$ 80,00. Bilheteria: 10h/21 (seg. a sáb.); 14h/20h (dom. e feriados). Ingressos também podem ser adquiridos nos quiosques Americanas.com Blockbuster. Cc: V e M. Cd: V e M. IC.

LUIZ GABRIEL. O cantor e compositor da banda mineira Graveola e o Lixo Polifônico está na estrada há sete anos. Após passar uma temporada em Portugal, o músico gravou seu primeiro disco-solo, Passando Portas, com oito canções, todas de sua autoria. Desta vez ele divide o palco com amigos das bandas Os Escafandristas (dois de seus integrantes também são do Graveola e o Lixo Polifônico) e Fusile. Buscando manter o mesmo estilo musical do Graveola, Luiz mistura os mais diversos sons brasileiros, e, para o seu primeiro solo, leva experimentações de novos arranjos e composições. Livre. Palácio das Artes — Sala Juvenal Dias (176 pessoas). Avenida Afonso Pena 1537, Centro, ☎ 3236-7400. → Neste sábado (5), 20h. R$ 10. Bilheteria: 10h/21 (seg. a sáb.); 14h/20h (dom. e feriados). Ingressos também podem ser adquiridos nos quiosques Americanas.com Blockbuster. Cc: V e M. Cd: V e M. IC.

NENHUM DE NÓS. Uma das maiores referências do pop rock nacional, a banda mostra repertório do CD Contos de Água e Fogo, sem se esquecer de antigos sucessos que marcaram a carreira do grupo. Já são 26 anos de estrada com cerca de 1 600 apresentações e mais de 1 milhão de discos vendidos. Livre. Grande Teatro do Sesc Palladium (1 321 lugares). Avenida Augusto de Lima, 420, Centro, ☎ 3214-5350. → Sexta (11), 21h. R$ 30. Bilheteria: 9h/21 (ter. a dom.). Cc: V e M. Cd: V e M. IC.

PADRE FÁBIO DE MELO. O padre cantor apresenta seu novo disco, No Meu Interior Tem Deus, gravado no Teatro Abril, em São Paulo. No repertório há espaço para autores consagrados, como Renato Teixeira, Rolando Boldrin e Luiz Gonzaga, e também canções de sua autoria. O pároco mineiro da cidade de Formiga já tem em sua discografia quinze álbuns gravados. 16 anos. Chevrollet Hall (5 500 lugares). Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230, Savassi, ☎ 2191-5700. → Neste domingo (6), 18h. R$ 80,00 a R$ 140,00. Bilheteria: 12h/20h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom. e feriados). Cc: A, V, M e D. Cd: V e M. TF.

PALCO HIP-HOP. A primeira edição do evento aconteceu em 2011 e atraiu mais de 6 000 pessoas. Desta vez, continua a proposta de promoção da cultura do hip-hop. A programação é intensa e vai desta terça (8) a domingo (13), com shows, saraus, oficinas e debates. As atrações musicais foram centralizadas no Barreiro e acontecem somente no último dia do evento, abertas ao público. Na lista, nomes locais e nacionais do gênero, casos de Arezona, CDR Tricoments, Brother Soul, Coletivoz, Duelo de MC's. A apresentação mais esperada, no entanto, é a do rapper Emicida. DJs também compõem o cardápio: Nedu Lopes, Roger Dee e Joseph. Livre. Avenida Afonso Vaz de Melo, s/nº, em frente à PUC Minas, Barreiro. Domigo (13), 14h. Grátis.

ROUPA NOVA. Com trinta anos de carreira, o grupo rememora sucessos que marcaram época e apresentam o DVD Roupa Nova 30 anos, gravado em 2011. O trabalho contou com participações de Sandy, Milton Nascimento, Fresno e padre Fábio de Melo. Durante o longo tempo de estrada, o Roupa Nova vendeu quase 10 milhões de cópias de seus 22 álbuns e emplacou mais de cinquenta sucessos. Os mais marcantes fizeram parte de trilha sonora de novelas, entre as décadas de 80 e 90, como Roque Santeiro, Rainha da Sucata, Felicidade e Um Sonho a Mais. Apesar de datado, o repertório é animado e costuma atrair bastante público. 16 anos. Chevrollet Hall (5 500 lugares). Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230 , Savassi, ☎ 2191-5700. → Neste sábado (5), 23h. R$ 60,00 a R$150,00. Bilheteria: 12h/20h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom. e feriados). Cc: A, V, M e D. Cd: V e M. TF.

O SAMBA BATE OUTRA VEZ. O projeto criado há quatro anos em parceria com o extinto Lapa Multishow e a rádio Transamérica dá espaço às bandas locais de samba para se apresentarem em casas de shows de Belo Horizonte. Além dos grupos mineiros, já compareceram ao evento as velhas-guardas da Portela, Mangueira e Salgueiro. Nesta edição, quem toca é o grupo Copo Lagoinha. 18 anos. Granfinos (850 pessoas). Avenida Brasil, 326, Santa Efigênia, ☎ 3241-1482. Sábado (12), 22h.

R$ 20,00. Cd: M e V.

VITROLAS. O quarteto tem três álbuns na bagagem e faz este show para celebrar o lançamento do videoclipe Muito Obrigado. A banda é formada por Berna Dias (violão, guitarra e voz), Fernando Persiano (baixo e voz), Paulinho Rodriguez (teclado e voz) e Leonardo Felizardo (bateria). Os grupos Valsa Binária e Falcatrua também se apresentam na mesma noite. 18 anos. Studio Bar (450 pessoas). Rua Guajajaras, 842, Centro. ☎ 3047-1020. Sexta (11), 22h. R$ 20,00. Cc: A, D, M e V. Cd: todos.

SOM NA SUCATA. A ideia de Flávio Bertola, organizador do evento, era ocupar a arena do prédio Rainha da Sucata, espaço pouco utilizado para shows gratuitos. Em 2011, ele conseguiu dar vida ao festival, que reúne doze bandas independentes e de repertório autoral, em dois dias de apresentações. As atrações são antecedidas pela discotecagem da DJ Lo. Livre. Teatro de Arena do Circuito Cultural Praça da Liberdade. Praça da Liberdade, s/nº, prédio Rainha da Sucata. ☎ 3272-9584. Nestes sábado (5) e domingo (6), 14h. Grátis.

THE BEAUTIFUL GIRLS. Em 2010, os australianos vieram ao Brasil e tocaram em São Paulo, Florianópolis, Porto Alegre, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Agora a banda volta, com apresentação somente na capital mineira. O repertório é baseado no último disco, Spooks, mas comporta ainda sucessos antigos. O grupo surgiu em 2001 e já lançou oito CDs. Fazem uma mescla de folk, rock e surf music. A noite também terá show da banda mineira No Voice e discotecagem dos DJs T.H, Guido Santana e Underground Groovers. 18 anos. Music Hall (1 500 lugares). Avenida do Contorno, 3239, Santa Efigênia, ☎ 3271-7237. Neste sábado (5), 22h. R$ 70,00 a

R$ 120,00. Ingressos à venda nas lojas Chilli Beans (Pátio Savassi, Shopping Cidade, Diamond Mall, Divinópolis e Sete Lagoas), Honolulu (Cidade Nova e Boulevard Shopping) e Laguna (Pará de Minas).

TODOS OS CAETANOS DO MUNDO. Os mineiros Julia Branco, Luiz Rocha, Adriano Goyatá, Antonio Beirão e Alexandre de Sena se juntaram para um projeto que reúne canções de Caetano Veloso e de artistas que o formaram ou que receberam sua influência. O show mistura som eletrônico, violão e guitarras. Destaque para a interpretação marcante de Branco, que usa as composições de Caetano como pano de fundo, mas também canta músicas de Arnaldo Antunes, Roberto Carlos, Erasmo Carlos, Lucas Santtana, Marcelo Jeneci, Céu e Moreno Veloso. 18 anos. Utópica Marcenaria (600 pessoas). Avenida Raja Gabaglia, 4700, Santa Lúcia,

☎ 3296-2868. Neste sábado (5), 22h. R$ 25,00. Cc: M e V. Cd: M e V.

CONCERTOS

CLÁSSICOS NO PARQUE. A Orquestra Filarmônica de Minas Gerais apresenta, ao ar livre, obras de Verdi, Villa-Lobos, Paul Dukas, Piazzolla, Tchaikovsky e John Williams, de quem será executada a música-tema do filme Os Caçadores da Arca Perdida. O programa terá a regência do maestro Marcos Arakaki. Praça do Papa. Praça Israel Pinheiro, Mangabeiras. Neste domingo (6), 19h. Grátis.

CONCERTOS DE OUTONO DA OAP. A Organização dos Aposentados e Pensionistas da UFMG apresenta-se no sarau em homenagem às mães que ocorrerá no Conservatório da UFMG. O concerto conta com a participação do Coral Cariúnas, sob a regência da maestrina Vivian Assis, e da banda Cariúnas, comandada pelo maestro Reginaldo Costa. Conservatório da UFMG (220 lugares). Avenida Afonso Pena, 1534, Centro, ☎ 3409-4505. → Sexta (11), 19h. Grátis.

CONCERTOS NO PARQUE. Dando sequência à consagrada série de concertos no parque, o Coral Lírico de Minas Gerais faz apresentação no Parque Municipal destacando trechos de óperas do italiano Verdi. Regência de Márcio Miranda Pontes. Parque Municipal Américo Renné Giannetti. Avenida Afonso Pena, 1337, Centro, ☎ 3227-1428. Sábado (12), 16h30. Grátis.

LUIZ GUSTAVO CARVALHO. Pianista de Belo Horizonte, Luiz Gustavo Carvalho foi indicado como um dos músicos mais promissores de sua geração pela revista francesa Le Monde de la Musique. Ovacionado por sua musicalidade e força expressiva, ele já se apresentou na Alemanha, França, Reino Unido e Áustria, e colaborou como camerista para o pianista Nelson Freire, o violinista Geza Hosszu-Legocky e a soprano Eliane Coelho. O programa inclui obras do alemão Johann Sebastian Bach e do francês Maurice Ravel. Fundação de Educação Artística. Sala Sergio Magnani (200 lugares). Rua Gonçalves Dias, 320, Funcionários, ☎ 3279-1448. → Neste domingo (6), 11h. Grátis.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE