Shows

Shows: Programação de shows para os dias 09 a 15 de março

Por: Rafael Rocha - Atualizado em

Karlis Smits
(Foto: Redação VejaBH)

No CCCP: Leandro Ferrari se apresenta ao lado da cantora inglesa Jesse Monroe, sexta (15)

CHURRUS. A banda promete agitar a casa noturna com seu indie rock. O quinteto é formado por Túlio Panzera (guitarra e voz), Matheus Lopes (guitarra e voz), Luis Couto (guitarra, teclado e voz), Bruno Martinho (Baixo) e Paulo Filipe Souza (bateria). Com dez anos de carreira, lança agora o EP Everyday & Everytime. 18 anos. CCCP - Cult Club Cine Pub (250 pessoas). Rua Levindo Lopes, 358, Savassi, ☎ 3582-5628. Sábado (16), 22h. R$ 25,00. www.cultclubcinepub.com.br.

CLÁUDIO VENTURINI E TELO BORGES. A apresentação marca a abertura da programação do Ofício da Música, realizado no Museu de Artes e Ofícios. A dupla faz um passeio pela obra do Clube da Esquina, relembra composições próprias e interpreta temas instrumentais de amigos, entre eles Flávio Venturini. Livre. Museu de Artes e Ofícios (300 pessoas). Praça Rui Barbosa (Praça da Estação), s/nº, Centro, ☎ 3248-8600. Terça (12), 19h30. Grátis. www.mao.org.br.

COBRA CORAL. Flávio Henrique, Kadu Vianna, Mariana Nunes e Pedro Morais sobem ao palco novamente para apresentarem canções do disco homônimo. E reservam surpresas: duas canções de Ed Motta e outra de Lennon e MacCartney. O formato é acústico e conta com três violões e quatro vozes, além do piano de Flávio Henrique em algumas canções. Livre. Teatro Alterosa. Avenida Assis Chateaubriand, 499, Floresta, ☎ 3237-6611. Sexta (15), sábado (16) e domingo (17), 21h. R$ 30,00.

ELTON JOHN. Pela primeira vez, um dos grandes nomes da música inglesa e mundial se apresenta em Minas. Com mais de quarenta anos de carreira, o cantor, pianista e compositor é um dos gigantes da música pop. Autor de centenas de hits, ele já vendeu mais de 450 milhões de cópias dos mais de trinta discos lançados ao longo de sua trajetória. O show ganha um gostinho especial por ser realizado no Mineirão, todo reformado. 16 anos. Mineirão (39 800 lugares). Avenida Antônio Abrahão Caram, 1001, Pampulha, ☎ 2532-8201. Neste sábado (9), 22h. R$ 140,00 (cadeira superior) a R$ 200,00 (pista). Demais setores esgotados. Bilheteria: 10h/18h (seg. a sáb.). Cc: todos. Cd: todos. www.livepass.com.br.

IAN ANDERSON. Leia em Veja BH Recomenda. Livre. Grande Teatro do Palácio das Artes. Avenida Afonso Pena, 1537, Centro, ☎ 3236-7400. → Sexta (15), 21h. R$ 100,00 a R$ 300,00. Bilheteria: 9h/21h (ter. a dom.). Cc: V e M. Cd: V e M. IC.

JESSE MONROE. A cantora inglesa mostra seu repertório repleto de referências vindas do rock, blues, soul e jazz. Na estrada há cerca de dez anos, ela se divide entre Europa e América do Sul. O excepcional gaitista Leandro Ferrari participa da noite, e o DJ Cubanito fecha a programação. 18 anos. CCCP - Cult Club Cine Pub (250 pessoas). Rua Levindo Lopes, 358, Savassi, ☎ 3582-5628. Sexta (15), 22h. R$ 25,00. www.cultclubcinepub.com.br.

JUCILENE BUOSI. Ela já foi chamada de "voz do sul de Minas". Formada em canto pela Faculdade Carlos Gomes (SP) e pelo Conservatório de Música de Pouso Alegre (MG), atuou em grupos de teatro experimental, corais cênicos, óperas e espetáculos musicais. Ancorada por sua feminilidade, neste pocket show a cantora interpreta composições de Milton Nascimento, Alceu Valença, Joyce, além de canções de seu mais recente álbum, Um Retrato. Para acompanhá-la, os músicos Sérgio Rabello (violoncelo) e Eloá Guimarães (piano). Livre. Café do Palácio das Artes. Avenida Afonso Pena, 1537, Centro, ☎ 3236-7400. Quarta (13), 19h. Grátis.

MALVINA. A cantora apresenta canções do seu primeiro disco acompanhada pelos músicos Frederico Heliodoro no baixo, Marcus Abjaud nos teclados e Felipe Continentino na bateria. Livre. Teatro de Bolso Júlio Mackenzie (76 lugares). Avenida Augusto de Lima, 420, Centro, ☎ 3214-5355. Sábado (16), 20h. R$ 30,00. www.sescmg.com.br.

MOZART SECUNDINO. Não é todo dia que se faz 90 anos. Por isso, comemoram-se as nove décadas de existência do violonista Mozart Secundino, nascido em Bandeirinha, distrito de Betim. Ele se mudou com a família para Belo Horizonte aos 11 anos de idade, e é um dos membros-fundadores do Clube do Choro. Tocam com ele integrantes do grupo Quem Não Chora Não Mama, além de convidados especiais como Waldir Silva e Tião do Bandolim. A apresentação é promovida pelo projeto Pizindin — Choro no Palco. 18 anos. Conservatório UFMG. Avenida Afonso Pena, 1534, Centro, ☎ 3409-8300. Segunda (11), 20h. R$ 15,00. www.ufmg.br/conservatorio.

MR. CATRA. O funkeiro desbocado começou a virar notícia em 2004. Desde então suas músicas que agitavam a cena funkeira carioca ultrapassaram fronteiras e ganharam o Brasil. Os gringos também curtem seu som, tanto que ele já se apresentou em países como Suécia, Suíça, Inglaterra, Dinamarca, Alemanha, Polônia, Israel, Noruega, Holanda, Rússia, Espanha, França e Bélgica. 18 anos. Galopeira. Avenida Tereza Cristina, 175, Calafate, ☎ 2514-0007. Quinta (14), 22h.

NALDO. O cantor mais comentado do momento parece ser incansável. Na quinta (14) ele faz dois shows por aqui. O primeiro será em Venda Nova. Em seguida, já no início da madrugada do dia seguinte, ele chega a Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. A apresentação é animada e repleta de hits empolgantes, como Chantilly, Exagerado, Amor de Chocolate, além das inéditas Eu Venci e Minha Cinderela. 18 anos. Bailão Sertanejo. Avenida Elias Antônio Issa, 115, Venda Nova, ☎ 3451-2233. Quinta (14), 23h. R$ 30,00. Espaço Vip Contagem. Avenida Babita Camargos, 199, Cidade Industrial, Contagem, ☎ 3043-2872. Sexta (15), 1h. R$ 30,00 a R$ 100,00.

PAQUIDERME ESCARLATE. O conjunto musical belo-horizontino é dedicado a canções autorais. É formado por Bernardo Guerra (vocais e guitarra elétrica), Elton Morais (bateria), Fernando Mascarenhas (vocais, órgão e contrabaixo elétrico), Gustavo Cunha (guitarra elétrica e flauta transversal) e Thiago Marques (vocais, contrabaixo elétrico, órgão, ukelele e saxofone). Na mesma noite se apresenta o Projeto Saravá, que exibe um repertório repleto de sambas, choros, frevos e baiões. Os integrantes são Sílvia Gommes (voz), Leo Assunção (voz e violão), Renato Muringa (cavaco, bandolim e voz), Marcela Nunes (flauta transversal), Paulo Rocha e Mário Jaymovich (percussão). 18 anos. Utópica Marcenaria. Avenida Raja Gabaglia, 4700, Santa Lúcia, ☎ 3296-2868. Neste sábado (9), 21h. R$ 20,00. www.utopica.com.br.

RAFAEL DIAS. O cantor, compositor e violinista lança o show Indelével, baseado em seu disco de mesmo nome. O álbum reúne dez músicas de sua autoria, além da faixa I Believed In You, parceria com o DJ Franco. Atualmente o músico se dedica a pesquisas e experimentações que mesclam em seu trabalho sons latinos, africanos, americanos, europeus e brasileiros. Livre. Sala Juvenal Dias - Palácio das Artes (176 lugares). Avenida Afonso Pena, 1537, Centro, ☎ 3236-7400. Quinta (14), 20h30. R$ 10,00. Bilheteria: 10h/21h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom.). Cc: M e V. Cd: M e V. IC. www.fcs.mg.gov.br.

SAINT PATRICK'S DAY. Cerca de 8 000 pessoas são esperadas no Parque das Mangabeiras para o evento, que reúne shows das bandas Rock Machine, Ca$h, Eckolu, The Ladies, Cordoba, Bolton C.F., Galwem e Land's. A festa que celebra o santo irlandês é uma das mais movimentadas da cidade. Além dos grupos musicais, os DJs Carlos Kroeff, JP, Ricardo Lock, Majorgroove Crew, Noite do Sino Crew e Majorthur5day Crew, eeXpeto & Zé Alexandre se revezam em três palcos. 18 anos. Estacionamento do Parque das Mangabeiras. Avenida José do Patrocínio Pontes, 580, Mangabeiras, ☎ 3277-9244. Sábado (16), 13h. Entrada mediante a compra antecipada da camisa oficial do evento, no valor de R$ 35,00, no site www.centraldoseventos.com.br.

O SAMBA BATE OUTRA VEZ. O projeto de samba realiza mais uma edição, desta vez dedicada às mulheres. Participam as atrações Dóris do Samba, Odilara e Samba de Comadre. 18 anos. Granfinos (800 pessoas). Avenida Brasil, 326, Santa Efigênia, ☎ 3241-1482. Sábado (16), 22h. R$ 30,00 a R$ 40,00. Cd: M e V. www.granfinos.com.br.

TEMPO PLÁSTICO. Lançamento do disco Fazendo a Lata Velha Voar, primeiro álbum da banda formada por Fabio Gruppi (voz), Felipe Prado (baixo), Claudio Moreira (guitarra), Eduardo Drummond (bateria) e Thiago Viana (guitarra). O trabalho conta com doze faixas de caráter contestador e pés fincados no rock'n'roll. A banda goianiense Hellbenders faz o encerramento da noite. Na discotecagem, a presença do DJ Bart, fundador da produtora 53HC Music Company. 18 anos. Studio Bar. Rua Guajajaras, 842, Centro, ☎ 3047-1020. Sexta (15), 22h. R$ 20,00. www.studiobar.com.br.

UMMAGUMMA THE BRAZILIAN PINK FLOYD. São mais de dez anos de estrada interpretando canções do repertório do quarteto inglês de rock psicodélico. The Piper at the Gates of Dawn, The Division Bell, Wish You Were Here, Another Brick In the Wall pt II, Dogs, Echoes, Summer 68 são apenas algumas das canções sempre tocadas pela banda. 16 anos. Palácio das Artes (1 705 lugares). Avenida Afonso Pena, 1537, Centro, ☎ 3236-7400. Sábado (16), 21h; domingo (17), 19h. R$ 50,00 a R$ 80,00. Bilheteria: 10h/21h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom.). Cc: M e V. Cd: M e V. IC. www.fcs.mg.gov.br.

VAGNER FARIA. O baixista natural de Divinópolis foi vencedor do IX Prêmio BDMG de música instrumental. Apresenta o show Além do Olhar, acompanhado por Renato Saldanha (violões), Edvaldo Ilzo (bateria) e Bernardo Rodrigues (piano elétrico). Eles formam o grupo Jazz a Zero. Livre. Teatro de Bolso Júlio Mackenzie (76 lugares). Avenida Augusto de Lima, 420, Centro, ☎ 3214-5355. Sexta (15), 20h. R$ 20,00. www.sescmg.com.br.

VICTOR E LÉO. A afamada dupla sertaneja apresenta seu mais recente trabalho, o DVD Ao Vivo em Floripa. Eles têm participação na renovação pela qual a música sertaneja tem passado nos últimos anos. Tiram elementos do folk, pop, romantismo e, como não poderia deixar de ser, do sertanejo de raiz. Assumem como influências artistas de vários nichos, como Sérgio Reis, Almir Sater, Eric Clapton, Dire Straits, James Taylor, Zé Ramalho e Alceu Valença. Foi em Belo Horizonte, aliás, que o caminho da dupla começou a ser traçado com maior êxito. Durante sete anos cantaram na noite mineira. Depois mudaram-se para São Paulo, iniciando a gravação de seu primeiro CD. A projeção nacional se deu em 2003, quando gravaram o DVD Vida Boa. De lá para cá, foram dez CDs, três DVDs ao vivo e um Blue-Ray. 16 anos. Chevrolet Hall (5 500 lugares). Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230, Savassi, ☎ 3209-8989. Sábado (16), 22h. R$ 100,00 (arquibancada) a R$ 800,00 (mesa para quatro pessoas). Bilheteria: 12h/20h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom. e feriados). Cc: todos. Cd: M e V. TF. www.chevrolethallbh.com.br.

CONCERTOS

MÚSICA FIGURATA. O grupo mineiro apresenta o concerto Quadragesima Dies: Reflexões Espirituais na Música Barroca utilizando o órgão de tubos da igreja, fabricado na Itália e considerado o segundo maior instrumento desse tipo em Minas Gerais. Livre. Basílica de Lourdes. Rua da Bahia, 1596, Lourdes, ☎ 8833-5699. Neste domingo (10), 16h45. Grátis.

ORQUESTRA SINFÔNICA DE MINAS GERAIS. Na primeira edição da Série Sinfônica no Museu de 2013, o regente titular da orquestra, Marcelo Ramos, recebe dois convidados: o maestro mineiro Márcio da Silva e o violoncelista alemão Johannes Gramsch, que integra o corpo artístico da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp). Os músicos executarão o Concerto Nº 01, Op. 33, em Lá Menor, para Violoncelo e Orquestra, de Camille Saint-Saëns, e a Sinfonia Nº 3 em Lá Menor, Op. 33 - Escocesa, de Felix Mendelssohn. Livre. Museu Inimá de Paula (400 lugares). Rua da Bahia, 1201, Centro, ☎ 3213-4320. Quinta (14), 20h. Grátis. Os ingressos devem ser retirados uma hora antes da apresentação.

PROGRAME-SE

Paul McCartney

O ex-Beatle faz no Mineirão o show de abertura de sua próxima turnê mundial.

Dia 3 de maio. Os valores dos ingressos ainda não foram divulgados.

Mineirão. Avenida Antônio Abrahão Caram, 1001, Pampulha.

André Rieu

O violinista, maestro e compositor holandês se apresenta junto da Johann Strauss Orchestra.

Dia 17 de abril, 21h. R$ 90,00 a R$ 500,00.

Minerinho. Avenida Antônio Abrahão Caram, 1001, Pampulha, ☎ 4003-1212.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE