Teatro

Campanha de Popularização do Teatro e da Dança conta com programação menor, mas mais apurada

Evento chega a 40ª edição com 141 peças em cartaz até março

Por: Isabella Grossi - Atualizado em

Guto Muniz
(Foto: Redação VejaBH)

Simone Ordones no espetáculo Os Gigantes da Montanha, do Grupo Galpão: em fevereiro

Depois de atrair quase 400 000 espectadores às casas de espetáculo de Belo Horizonte, no ano passado, o evento chega a sua quadragésima edição com uma programação reduzida, mas, ainda assim, apurada. De sexta (3) ao dia 2 de março, entram em cartaz 141 peças (treze a menos do que em 2012), sendo 93 delas para adultos, 42 infantis e seis de dança.

Do total, 47 participam pela primeira vez. Caso de Rose, a Doméstica do Brasil, A Mandioca Brava e Polissonografia. Sucessos como Os Sem Vergonhas, Como Sobreviver em Festas e Recepções com Buffet Escasso, Caju e Totonho em: Vão Falar de Coisa Boa!? e Perigo, Mineiros em Férias! prometem continuar arrancando risadas da plateia. O preço dos ingressos varia de R$ 5,00 a R$ 12,00, nos postos de venda do Sinparc. Até 2 de março, em diferentes lugares.

Campeã de bilheteria: levada aos palcos pela primeira vez em 1998, a comédia Acredite, um Espírito Baixou em Mim, protagonizada pela dupla Ilvio Amaral e Maurício Canguçu, ficou no topo da lista das peças mais vistas na 39ª edição da campanha

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE