Teatro

Drama Entre Nebulosas e Girassóis volta ao cartaz na quinta (6), no Palácio das Artes

Depois da estreia no VAC 2013, peça que mostra homem que tenta controlar sonhos volta aos palcos

Por: Isabella Grossi - Atualizado em

Netun Lima
(Foto: Redação VejaBH)

Os atores Luiz Arthur e Julia Marques: mundo do sonho e da realidade

Com texto inédito de Rafael Neumayr e direção de Cynthia Paulino, o drama Entre Nebulosas e Girassóis, da Companhia Teatro Adulto, concentra-se na história de um homem que dedica todas as suas noites à arte de controlar os sonhos. No mundo onírico, ele se vê sob uma forma mais jovem, a única maneira de se relacionar com sua grande paixão, uma mulher a quem observa diariamente. As coisas fogem do controle quando o seu outro eu cria autonomia e começa a "viver" por conta própria. No palco, os dois mundos - sonho e realidade - são divididos por um pequeno rio, que enriquece ainda mais a cenografia da peça (75min). 12 anos. Estreou em 30/1/2013.

Teatro João Ceschiatti - Palácio das Artes (148 lugares). Avenida Afonso Pena, 1537, Centro, ☎ 3236-7400. → Quinta, sexta, sábado e domingo, 19h e 21h. R$ 30,00. Bilheteria: 10h/21h (seg. a sáb.); 14h/20h no domingo. Cc: M e V. Cd: M e V. IC. Até dia 23. Reestreia prometida para quinta (6).

Teatro e dança: programação para os dias 31 de maio a 07 de junho

ESTREIAS

Lente de Aumento

Um dos protagonistas da série Os Caras de Pau, exibida aos domingo na Rede Globo, o ator e humorista Leandro Hassum improvisa e interage com a plateia enquanto diverte com seu stand-up (70) min. 12 anos.

Grande Teatro - Sesc Palladium (1 321 lugares). Rua Rio de Janeiro, 1046, Centro, ☎ 3214-5350. → Sábado (8), 21h. R$ 64,00. Bilheteria: 9h/21h (ter. a dom.). Cc: M e V. Cd: M e V. IC.

Jogada de Mestre

Adaptação de Lição de Botânica, última peça teatral de Machado de Assis, a comédia utiliza elementos do jogo do xadrez para narrar a transformação de um homem. O espetáculo tem direção de Paulo Hamilton. Com Amaury Silva e Carol Leipelt (45min). 12 anos.

Teatro Júlio Mackenzie - Sesc Palladium (76 lugares). Avenida Augusto de Lima, 420, Centro, ☎ 3214-5350. → Sexta (7), sábado (8) e domingo (9), 20h. R$ 20,00. Bilheteria: terça a domingo, das 9h às 21h. Cc: M e V. Cd: M e V.

Neuróticos Não Anônimos

Criada pelo GMT (Grupo Mineiro de Teatro), a comédia mostra dilemas da atualidade enfrentados por personagens como Romeu e Julieta, Branca de Neve e Cleópatra, que buscam ajuda no divã do doutor Zito Black, um psiquiatra completamente desequilibrado. O texto é de Ramon da Matta (80min). 14 anos.

Teatro Sesi Holcim (115 lugares). Rua Padre Marinho, 60, Santa Efigênia, ☎ 3241-7181. → Sábado e domingo, 20h. R$ 20,00. Bilheteria: todos os dias, das 13h às 19h, e no dia do espetáculo até a hora da apresentação. Até domingo (9). Estreia prometida para este sábado (1º).

REESTREIAS

180 Dias de Inverno

Durante seis meses, o artista plástico e escritor paulista Nuno Ramos cuidou de sua mulher, Sandra, que sofria de depressão e anorexia bulímica. A história desse "amor imenso e cansativo, que deve dizer bem alto: eu quero você mesmo assim", nas palavras dele, foi editada no conto Minha Fantasma (parte do livro Ensaio Geral, de 2007), mais tarde adaptado para o teatro no drama da Cia. Afeta. Levado aos palcos em 2010, o espetáculo retorna à capital. Adaptada por Antônio Hildebrando, a montagem tem direção de Nando Motta, que lista como suas principais influências a bailarina Pina Bausch, a companhia belo-horizontina Zikzira Teatro Físico, a banda Hurtmold e os diretores Lars von Trier (Dogville) e Paul Thomas Anderson (Magnólia) (60min). 16 anos. Estreou em 8/10/2010.

Galpão Cine Horto (200 lugares). Rua Pitangui, 3613, Horto, ☎ 3481-5580. Sexta (7) e sábado (8), 21h, e domingo (9), 19h. R$ 20,00. A bilheteria abre duas horas antes.

Proibido para Maiores

Dirigidos por Érica Lima, Hudsonn Moreira e Bianca Tocafundo interpretam um casal que fica preso no banheiro do próprio apartamento em uma sexta-feira de lua cheia. A situação os une e os distancia, enquanto intimidades e medos são revelados. A comédia retrata o amor e o ódio do par, que divide com a plateia momentos engraçados de apuros (60min). 12 anos. Estreou em 27/4/2012.

Teatro da Assembleia (145 lugares). Rua Rodrigues Caldas, 30, Santo Agostinho, ☎ 2108-7826. → Sexta e sábado, 21h; domingo, 19h. R$ 30,00 / Postos Sinparc, R$ 12,00. Bilheteria: abre uma hora antes. Até dia 23. Reestreia prometida para sexta (7).

EM CARTAZ

Adélia

Em meio a roupas penduradas no varal e bacias cheias d'água, as atrizes Bellatrix, Fernanda Boechat e Gabriela Haviaras transformam o cotidiano em poesia e criam um diálogo entre o sagrado e o profano, num espetáculo dedicado à obra da escritora Adélia Prado (70min). 14 anos. Estreou em 31/5/2013.

Funarte MG (100 lugares). Rua Januária, 68, Floresta, ☎ 3213-3084. Neste sábado (1º), 19h e 21h. R$ 10,00. A bilheteria abre uma hora antes. Cc: M e V. Cd: M e V.

✪✪ Adultérios e Outras Pequenas Traições

Depois de encenar duas obras do escritor paraibano Ariano Suassuna, Farsa da Boa Preguiça (2003) e Auto da Compadecida (2008), e remontar peças de Maria Clara Machado, a Cia da Farsa se aliou a um dos principais nomes da comédia mineira, Sérgio Abritta, que também responde pela direção. Inspirado no filme Short Cuts — Cenas da Vida (1993), de Robert Altman, o espetáculo retorna aos palcos com seis histórias sobre infidelidade, contadas de maneira independente e não linear (80min). 16 anos. Estreou em 18/8/2012.

Teatro João Ceschiatti - Palácio das Artes (148 lugares). Avenida Afonso Pena, 1537, Centro, ☎ 3236-7400. → Nestes sábado (1º), 21h, e domingo (2), 19h. R$ 30,00. Bilheteria: 10h/21h (seg. a sáb.); 14h/20h no domingo. Cc: M e V. Cd: M e V. IC.

✪✪✪ Divas no Divã

Aplaudidíssima em todo o Brasil, a comédia escrita pela atriz e psicóloga Chris Linnares estreia na capital com Bruno de Moura e Cidah Vianna na pele de uma mulher que decide transformar sua vida. Cansada de colecionar frustrações, a protagonista encontra em uma sessão de terapia a resposta para a felicidade. Quem assina a direção do espetáculo é Luiz Henrique Moura, que divide o palco com Cidah no divertido Velório à Brasileira (80min). Livre. Estreou em 10/5/2013.

Teatro Nossa Senhora das Dores

(219 lugares). Avenida Francisco Sales, 77, Floresta, ☎ 3226-9459 e 2516-6911. Nestes sábado (1º), 21h, e domingo (2), 19h. R$ 30,00 / Postos Sinparc, R$ 15,00. A bilheteria abre uma hora antes.

Os Gigantes da Montanha

+ Peça Os Gigantes da Montanha ganha montagens gratuitas em Belo Horizonte

Direção de Gabriel Villela (80min). Livre. Estreou em 30/5/2013.

Praça do Papa, s/nº, Mangabeiras. Nestes sábado (1º), 20h, e domingo (2), 19h. Grátis. Parque Ecológico da Pampulha. Avenida Otacílio Negrão de Lima, 7111. Sábado (8) e domingo (9), 18h, Grátis.

No Se Puede Vivir Sin Amor

O espetáculo contemporâneo é uma homenagem da atriz Nara Keiserman ao seu amigo e conterrâneo Caio Fernando Abreu. No palco, Nara recupera a arte ancestral de contar e ouvir histórias com base nos textos do jornalista e escritor brasileiro (50min). 16 anos. Estreou em 31/5/2013.

Espaço Aberto Pierrot Lunar (100 lugares). Rua Ipiranga, 137, Floresta, ☎ 2514-0440. Neste sábado(1º), 21h. R$ 20,00. A bilheteria abre uma hora antes do espetáculo.

As Sereias da Zona Sul

Considerado um dos espetáculos mais bem-sucedidos do gênero, a comédia foi aos palcos pela primeira vez em 1988, com Miguel Falabella e Guilherme Karam nos papéis de Nezi e Darlene, duas vizinhas de temperamentos opostos, habitantes de um condomínio carioca. Na capital, quem encarna a dupla é Felipe Cunha e Kayete, com direção de Ilvio Amaral e Maurício Canguçu, os festejados atores e diretores da comédia Acredite, Um Espírito Baixou em Mim, em cartaz há quinze anos (70min). Livre. Estreou em 31/5/2013.

Teatro Alterosa (320 lugares). Avenida Assis Chateaubriant, 499, Floresta, ☎ 3237-6611. → Nestes sábado (1º), 21h, e domingo (2), 19h. R$ 40,00 / Postos Sinparc, R$ 18,00. Bilheteria: terça a domingo, de 12h às 19h30, e no dia do espetáculo até a hora da apresentação.

DANÇA

Grupo de Dança Sala B

Dirigida e coreografada por Fernando de Castro, ex-bailarino do Grupo Corpo e diretor do Corpo Escola de Dança, a montagem Cancioneiro do Imigrante reúne uma diversidade de movimentos presente na dança contemporânea brasileira, todos eles diretamente relacionadas aos povos imigrantes. O trabalho foi criado a partir da pesquisa musical de Ana Maria Kiffer (50min). Livre.

Meia Ponta - Espaço Cultural Ambiente (80 lugares). Rua Grão Pará, 185, Santa Efigênia, ☎ 3241-2020. Sexta (7), sábado (8) e domingo (9), 20h. R$ 5,00. A bilheteria abre uma hora antes do espetáculo.

Marcela Levi e Lucia Russo

No espetáculo Em Redor do Buraco Tudo é Beira, as bailarinas e performers usam o próprio corpo, música, pedaços de papel e 200 cenouras para contar histórias sobre violência, guerra e morte (45min). 14 anos.

Grande Teatro - Sesc Palladium (1 321 lugares). Rua Rio de Janeiro, 1046, Centro, ☎ 3214-5350. → Quinta (6), 21h. R$ 10,00. Bilheteria: 9h/21h (ter. a dom.). Cc: M e V. Cd: M e V. IC.

Vanilton Lakka

O Corpo é a Mídia da Dança?, projeto do criador e intérprete mineiro em parceria com Chiquinho da Costa e Claudio Henrique, discute a técnica corporal, o formato de obras de dança, a análise e a composição de movimentos em diferentes mídias. O espetáculo já foi apresentado em cidades da América Latina, Europa e África e, em setembro deste ano, estreia na Suécia (70min). Livre.

Funarte MG (100 lugares). Rua Januária, 68, Floresta, ☎ 3213-3084. Sexta (7) e sábado (8), 20h, e domingo (9), 19h. R$ 10,00. A bilheteria abre uma hora antes do espetáculo. Cc: M e V. Cd: M e V.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE