Teatro

Espetáculo 1958 - A Bossa do Mundo É Nossa! entra no clima da Copa do Mundo

Peça é uma homenagem ao primeiro título do Brasil no Mundial

Por: Isabella Grossi - Atualizado em

Silvana Marques
(Foto: Redação VejaBH)

Leandro Castilho, Andréa Veiga, Bianca Byington, Daniela Fontan e Matheus Lima: estreia no sábado (17)

A menos de um mês do início da Copa do Mundo, o público belo-horizontino pode recordar - e comemorar outra vez - um dos momentos mais marcantes da história do futebol brasileiro. A comédia musical 1958 - A Bossa do Mundo É Nossa!, dirigida por André Paes Leme, revisita o ano em que os jogadores da seleção ergueram, pela primeira vez, a famosa taça Jules Rimet. Inspirado no livro Feliz 1958 - O Ano que Não Devia Terminar, escrito pelo jornalista Joaquim Ferreira dos Santos, o espetáculo costura os anais da vitória com os principais acontecimentos da época, narrando também a história de alguns personagens, como uma dona de casa, uma fã de auditório de rádio e uma cantora de boate (70min). 12 anos.

Teatro Sesiminas (660 lugares). Rua Padre Marinho, 60, Santa Efigênia, ☎ 3241-7181. → Sábado (17), 20h, e domingo (18), 19h. R$ 60,00. Bilheteria: 13h/19h todos os dias. IR.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE