Dança

Fórum Internacional de Dança – FID começa na quarta (29) com programação caprichada

Apresentações de coreógrafos e bailarinos de cinco países segue até 9 de novembro em vários espaços da cidade

Por: Isabella Grossi - Atualizado em

Gregory Batardon
(Foto: Redação VejaBH)

As bailarinas Catarina Barbosa, Ruth Childs e Susana Panadés Díaz, em Quantum: coreografia do suíço Gilles Jobin

Criado em 1996 para disseminar a dança contemporânea, o projeto idealizado pela bailarina e coreógrafa Adriana Banana cresceu e tomou corpo: em 2001, mudou de nome (antes era Festival Internacional de Dança) e transformou-se numa ferramenta capaz de mobilizar, de fato, os profissionais e o público apreciador do gênero. A programação - que atualmente se desdobra por todo o ano -, além de mais extensa, é caprichada. Tanto no que diz respeito às discussões quanto aos espetáculos. Entre quarta (29) e 9 de novembro, aparecem por aqui artistas da Bélgica, da França, da Suíça, do Uruguai e de outros cantos do país. A abertura fica por conta do suíço radicado na Inglaterra Gilles Jobin. Depois de fazer residência no maior laboratório de física de partículas do mundo, o CERN, em Genebra, ele leva ao palco Quantum, no qual seis bailarinos representam as principais leis da física. A 18ª edição do evento também vem com a FIDoteca, acervo de vídeos que fica disponível até dezembro, e com o FIDinho, feito especialmente para a criançada.

De quarta (29) a 9 de novembro, em vários lugares. R$ 6,00. Confira a programação completa no site www.fid.com.br.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE