Teatro

Grupo Galpão apresenta a montagem de Eclipse no Centro Cultural Banco do Brasil

Espetáculo da trupe mostra personagens que aguardam o fim de um eclipse solar

Por: Isabella Grossi - Atualizado em

Bianca Aun
(Foto: Redação VejaBH)

Inês Peixoto, Lydia Del Picchia, Simone Ordones, Julio Maciel e Chico Pelúcio: imersão em Tchecov

Destoando do estilo abrasileirado que deu fama ao grupo, os mineiros do Galpão enriquecem a programação da 40ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança com sua penúltima montagem. Eclipse é resultado do projeto Viagem a Tchecov, que propôs uma imersão na obra do escritor russo Anton Tchecov (1860-1904). Dirigidos pelo russo radicado na Alemanha Jurij Alschitz, os atores interpretam cinco personagens que aguardam o término de um eclipse solar confinados em um mesmo lugar. Enquanto isso, discutem sobre a existência e a condição humana. Além de Tio Vânia - Aos que Vierem Depois de Nós, conduzido por Yara de Novaes, o passeio pelos contos do dramaturgo rendeu outro importante marco na história da trupe. Durante três semanas, o documentarista Eduardo Coutinho, morto no último dia 2, registrou os ensaios de As Três Irmãs, com direção de Enrique Diaz. O trabalho serviu exclusivamente para o filme Moscou (2009) e nunca chegou aos palcos.

Centro Cultural Banco do Brasil (270 lugares). Praça da Liberdade, 450, Funcionários, ☎ 3431-9400. → Quinta (13) e sexta (14), 20h; sábado (15) e domingo (16), 19h. R$ 5,00 (postos Sinparc).

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE