Teatro

Programação completa do Festival Internacional de Teatro de Bonecos

- Atualizado em

2335_prog01.jpg
(Foto: Redação VejaBH)

DIA 17 (sábado)

SONHATÓRIO

Cia Truks - São Paulo

Local: Teatro Izabela Hendrix - Rua da Bahia, 2.020 - B. Lourdes

Horário: 16h

Preço: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia entrada)

Informações: (31) 3227-4472

É hora do almoço no Sanatório 'Boa Cabeça'. Sentam-se à mesa três supostos loucos, para a refeição. Porém, não há ali nada para comer ou beber. Sedentos e famintos, os amigos partem em uma deliciosa viagem imaginária em busca de comida que os levará para áridos desertos, ao fundo do mar e para longínquos planetas. Incríveis personagens feitos de guardanapos, bacias, copos, garrafas pet, sacolas plásticas, talheres e pratos os acompanharão por saborosas aventuras. Eles transformam o que seria um sanatório em um... SONHATÓRIO!

FICHA TÉCNICA

Criação: Henrique Sitchin e Gabriel Sitchin

Texto e direção: Henrique Sitchin

Elenco: Gabriel Sitchin, Rafael Senatore e Rogério Uchoas

Criação e confecção de bonecos e figuras: Henrique Sitchin, Gabriel Sitchin, Rafael Senatore, Hugo Reis, Pietro Sitchin, Karina Prall e Camila Oliveira

Trilha Sonora: Rafael Senatore e Chico Muniz

Iluminação e cenografia: Henrique Sitchin

Operação de Som e luz: Thiago Uchoas

Duração: 50 minutos

Classificação etária: Livre para todos os públicos

DIA 18 (domingo)

O SOM DAS CORES

Cia Catibrum Teatro de Bonecos - Minas Gerais

Local: Teatro Izabela Hendrix, Rua da Bahia, 2.020 - B. Lourdes

Horários: 15h e 17h

Preço: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10 (meia entrada)

Informações: (31) 3227-4472

"O som das cores" confirma como a magia do Teatro de Animação pode ser transformada em uma trama envolvente. Inspirado em famosas fantasias literárias, o espetáculo conta a história da jovem Lúcia, que se aventura no mundo do impossível. Do subterrâneo das estações de metrô ao universo infinito de sua imaginação, ela terá que enfrentar seus medos e todos os seus inimigos.

FICHA ARTÍSTICA

Dramaturgia e direção: Lelo Silva

Produção executiva: Adriana Focas

Intérpretes: Daniela Perucci, Leandro Marra, Patrícia Rache e Aurora Majnoni

Consultoria: Flávio Oliveira

Preparação corporal: Ana Amélia Cabral

Criação e construção da estrutura cênica: Tim Santos

Criação e desenho dos bonecos: Eduardo Santos

Construção dos bonecos: Eduardo Santos, Lelo Silva, Leandro Marra, Tim Santos, Giulliana Gambogi e Marcos Moura.

Trilha sonora: Banda "Graveola e o Lixo Polifônico"

Iluminação: Lelo Silva

Sonoplastia: Tim Santos

Dia 19 (segunda)

Seu Geraldo, voz e violão

Grupo Pigmalião Escultura que Mexe - Minas Gerais

Local: Teatro Izabela Hendrix - Rua da Bahia, 2.020 - B. Lourdes

Horário: 19h

Preço: Acesso gratuito

Informações: (31) 3227-4472

Seu Geraldo é um simpático e irreverente violeiro que passa a vida a viajar cantando e contando suas histórias. Velho do interior de Minas, é uma figura singular. Faz show ao lado da sua namorada, dona Catarina, e da sua irmã, Ana. Os três idosos relembram músicas antigas e sempre surpreendem na escolha do repertório. Simpaticamente, convidam a plateia para conversar.

FICHA TÉCNICA

Concepção e interpretação: Eduardo Felix

Construção: Eduardo Félix e Taís Scaff

Violão e arranjos: Marcos Costa

Figurinos: Maria do Céu Viana

Produção: Julianne Paranhos

Realização: Pigmalião Escultura que Mexe

Rúa Aire

Cia El Retrete de Dorian Gray - Espanha

Local: Teatro Izabela Hendrix - Rua da Bahia, 2.020 - B. Lourdes

Horário: 20h

Preço: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia entrada)

Informações: (31) 3227-4472

Rúa Aire apresenta uma inovação e uma corrente de ar fresco no panorama teatral com títeres. A experimentação da companhia El Retrete de Dorian Gray começou com o espetáculo "Ne Me Quite Pas" - baseada na construção de títeres com balões, e culmina com uma viagem pelas entranhas de uma máquina de processamento de infláveis e pelos recantos da fantasia. Um espetáculo muito divertido para todas as idades.

FICHA ARTÍSTICA

Criação e interpretação: Ezra Moreno y Marcos PTT Carballido

Direção: Jordi Farrés

Iluminação e cenário: Fidel Vazquez

Trilha sonora original: Pablo Rega

Figurino: Cloti Vaello

Adereços e cenografia: Jose Perozo, Rafa Ferreiro

Los Cómicos del Novecientos

Cia El Chonchon - Argentina / Chile

Local: Teatro da Biblioteca Pública - Praça da Liberdade, nº 21

Horário: às 20h

Preço: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia entrada)

Informações: (31) 3227-4472

Ao som de músicas originais, com cenários, adereços e bonecos pincelados em preto e branco, o espetáculo homenageia os artistas cômicos do cinema mudo: Charles Chaplin, Buster Keaton, Harold Llouyd, Bem Turpin, Laurel e Hardy.

FICHA TÉCNICA

Direção: Héctor Di Mauro e Miguel Oyarzún

Elenco: Miguel Oyarzún e Laura Ferro

Técnica: Títere de guante

Duração: 60 minutos

DIA 20 (terça-feira)

Rúa Aire

Cia El Retrete de Dorian Gray - Espanha

Local: Teatro Izabela Hendrix - Rua da Bahia, 2.020 - B. Lourdes

Horário: 20h

Preço: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia entrada)

Informações: (31) 3227-4472

Rúa Aire apresenta uma inovação e uma corrente de ar fresco no panorama teatral com títeres. A experimentação da companhia El Retrete de Dorian Gray começou com o espetáculo "Ne Me Quite Pas" - baseada na construção de títeres com balões, e culmina com uma viagem pelas entranhas de uma máquina de processamento de infláveis e pelos recantos da fantasia. Um espetáculo muito divertido para todas as idades.

FICHA ARTÍSTICA

Criação e interpretação: Ezra Moreno y Marcos PTT Carballido

Direção: Jordi Farrés

Iluminação e cenário: Fidel Vazquez

Trilha sonora original: Pablo Rega

Figurino: Cloti Vaello

Adereços e cenografia: Jose Perozo, Rafa Ferreiro

Los Cómicos del Novecientos

Cia El Chonchon - Argentina / Chile

Local: Teatro da Biblioteca Pública - Praça da Liberdade, nº 21

Horário: às 20h

Preço: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia entrada)

Informações: (31) 3227-4472

Ao som de músicas originais, com cenários, adereços e bonecos pincelados em preto e branco, o espetáculo homenageia os artistas cômicos do cinema mudo: Charles Chaplin, Buster Keaton, Harold Llouyd, Bem Turpin, Laurel e Hardy.

FICHA TÉCNICA

Direção: Héctor Di Mauro e Miguel Oyarzún

Elenco: Miguel Oyarzún e Laura Ferro

Técnica: Títere de guante

Duración: 60 minutos

DIA 21 (quarta-feira)

UM Príncipe chamado Exupery

Cia Mútua - Santa Catarina

Local: Prédio Verde - Praça da Liberdade (esq. com Rua Gonçalves Dias)

Horário: às 20h

Preço: Acesso gratuito

Informações: (31) 3227-4472

Antoine de Saint-Exupéry, antes de se tornar conhecido mundialmente por seu romance 'O Pequeno Príncipe', trabalhou para a Companhia de Correio Aéreo Aéropostale, entregando cartas e enfrentando a noite, o deserto, as montanhas e as tempestades. É neste contexto, dentro de um angar, que é encenado o espetáculo.

FICHA TÉCNICA

Direção: Willian Sieverdt

Roteiro e dramaturgia: Mônica Longo, Guilherme Peixoto e Willian Sieverdt

Elenco: Mônica Longo e Guilherme Peixoto

Cenografia: Jaime Pinheiro

Mecanismos de bonecos e cenários: Paulo Nazareno

Sonoplastia e trilha sonora original: Guilhermo Santiago e Paulo Zanni

Engenharia de iluminação: Giba de Oliveira

Desenhos: Marcos Leal

Figurinos: Lenita Novaes

DIA 22 (quinta-feira)

VIEJOS (VELHOS)

El Titeriteiro de Banfield - Argentina

Local: Teatro Dom Silvério - Av. Nossa Senhora do Carmo, 230 - B. São Pedro

Horário: Às 21h

Preço: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia entrada)

Informações: (31) 3227-4472

O contato direto com o público num ir e vir cheio de ternura e bom humor é a marca do trabalho de Sérgio Mercúrio, El Titiritero de Banfield. Viejos (Velhos) é o primeiro espetáculo de uma nova trilogia sobre a velhice. Meigos, irônicos, críticos, poéticos e cheios de humor, os velhos apresentados têm os tamanhos mais diversos e passados igualmente diferentes. O espetáculo é um passeio divertido, duro e terno, sobre alguns personagens que conseguem manter-se no tempo.

FICHA TÉCNICA

Texto: Sergio Mercurio

Manipuladores: Rosimari Jacomelli e Sergio Mercurio

Assistente de Direção: Gerardo Saavedra

Direção: Sergio Mercurio

Duração: 1h10

Público: Jovens e Adultos

UM Príncipe chamado Exupery

Cia Mútua - Santa Catarina

Local: Prédio Verde - Praça da Liberdade (esq. com R. Gonçalves Dias)

Horário: às 21h

Preço: Acesso gratuito

Informações: (31) 3227-4472

Antoine de Saint-Exupéry, antes de se tornar conhecido mundialmente por seu romance 'O Pequeno Príncipe', trabalhou para a Companhia de Correio Aéreo Aéropostale, entregando cartas e enfrentando a noite, o deserto, as montanhas e as tempestades. É neste contexto, dentro de um angar, que é encenado o espetáculo.

FICHA TÉCNICA

Direção: Willian Sieverdt

Roteiro e dramaturgia: Mônica Longo, Guilherme Peixoto e Willian Sieverdt

Elenco: Mônica Longo e Guilherme Peixoto

Cenografia: Jaime Pinheiro

Mecanismos de bonecos e cenários: Paulo Nazareno

Sonoplastia e trilha sonora original: Guilhermo Santiago e Paulo Zanni

Engenharia de iluminação: Giba de Oliveira

Desenhos: Marcos Leal

Figurinos: Lenita Novaes

Seu Geraldo, voz e violão

Grupo Pigmalião Escultura que Mexe - Minas Gerais

Local: Teatro Izabela Hendrix - Rua da Bahia, 2.020 - B. Lourdes

Horário: 19h

Preço: Acesso gratuito

Informações: (31) 3227-4472

Seu Geraldo é um simpático e irreverente violeiro que passa a vida a viajar cantando e contando suas histórias. Velho do interior de Minas, é uma figura singular. Faz show ao lado da sua namorada, dona Catarina, e da sua irmã, Ana. Os três idosos relembram músicas antigas e sempre surpreendem na escolha do repertório. Simpaticamente, convidam a plateia para conversar.

FICHA TÉCNICA

Concepção e interpretação: Eduardo Felix

Construção: Eduardo Félix e Taís Scaff

Violão e arranjos: Marcos Costa

Figurinos: Maria do Céu Viana

Produção: Julianne Paranhos

Realização: Pigmalião Escultura que Mexe

DIA 23 (sexta-feira)

UM Príncipe chamado Exupery

Cia Mútua - Santa Catarina

Local: Prédio Verde - Praça da Liberdade (esq. com R. Gonçalves Dias)

Horário: às 21h

Preço: Acesso gratuito

Informações: (31) 3227-4472

Antoine de Saint-Exupéry, antes de se tornar conhecido mundialmente por seu romance 'O Pequeno Príncipe', trabalhou para a Companhia de Correio Aéreo Aéropostale, entregando cartas e enfrentando a noite, o deserto, as montanhas e as tempestades. É neste contexto, dentro de um angar, que é encenado o espetáculo.

FICHA TÉCNICA

Direção: Willian Sieverdt

Roteiro e dramaturgia: Mônica Longo, Guilherme Peixoto e Willian Sieverdt

Elenco: Mônica Longo e Guilherme Peixoto

Cenografia: Jaime Pinheiro

Mecanismos de bonecos e cenários: Paulo Nazareno

Sonoplastia e trilha sonora original: Guilhermo Santiago e Paulo Zanni

Engenharia de iluminação: Giba de Oliveira

Desenhos: Marcos Leal

Figurinos: Lenita Novaes

DIA 24 (sábado)

Rabisco, um cachorro perfeito

Cia Maracujá - São Paulo

Local: Teatro Izabela Hendrix, Rua da Bahia, 2.020 - B. de Lourdes

Horários: Às 15h e 17h

Preço: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia entrada)

Informações: (31) 3227-4472

A peça conta a história de Rabisco, um cãozinho desenhado por um menino que, após ganhar vida e sair do papel, não é aceito por seu criador por não ser bonito. Abandonado, Rabisco foge e passa por inúmeras aventuras em uma grande cidade. Um linda e comovente história baseada no livro homônimo de Michele Iacocca.

FICHA ARTÍSTICA

Autora: Michele Iacocca

Concepção e direção: Sidnei Caria Elenco: Sidnei Caria, Lucas Luciano, Camila Ivo e Eder dos Anjos

Cenografia e bonecos: Sidnei Caria, Silas Caria, Lucas Luciano e João Caria.

Trilha sonora e música original: Dr Morris e Daniel Maia.

Duração: 50 minutos

Classificação: Livre

FESTIVAL DE CAIXAS

Encontro de caixas de teatro inspirado na técnica Lambe-lambe, criado na décado de 80 em Salvador/BA. São pequenos palcos, para 1 ou 2 espectadores, com roteiros curtos que variam entre 1min e 10 min.

Local: Prédio Verde - Praça da Liberdade (esquina com Rua Gonçalves Dias)

Horário: Das 18h às 21h

Preço: Acesso gratuito

Informações: (31) 3227-4472

CIRK IN

Grupo Caixa 4 - Minas Gerais

Cirk In guarda as reflexões, as angústias, as alegrias e o mistério que se entrelaçam no imaginário popular quando se pensa na vida dos artistas de circo. Esse ambiente dramático, cômico, instigante e curioso é revelado aos poucos a partir das cenas curtas elaboradas sob a técnica "lambe-lambe" até exibir-se inteiramente, em espetáculo aberto, ao abrir-se a caixa cênica.

FICHA ARTÍSTICA

Direção: Tião Vieira

Texto dramatúrgico: Fernando Limoeiro

Concepção do projeto e manipulação: Giselle Fernandes

Trilha sonora: Pedro Delgado

Confecção dos bonecos: Giselle Fernandes

Iluminação: Giselle Fernandes

Cenografia e Figurino: Tião Vieira

Atores (vozes dos bonecos) Tião Vieira, Giselle Fernandes, Fernando Limoeiro, Lucas Agostini, Pedro Delgado, Rafaela Kênia, William França

Duração: 15 minutos

Classificação: Livre

EL VIAJE

Cia Mútua - Santa Catarina

As viagens são um meio para quem procura a transformação e, paradoxalmente, essa transformação potencia nossa essência, aquilo que verdadeiramente somos. E é sempre o amor - à vida, à outra pessoa, a si próprio, que nos motiva. Espetáculo lambe-lambe inspirado livremente na canção infantil 'Manuelita, la tortuga', da autora argentina Maria Elena Walsh.

FICHA ARTÍSTICA

Criação, roteiro, estética e animação: Laura Correa

Acabamentos estéticos: Mônica Longo

Mecanismos e Iluminação: Guilherme Peixoto

Estrutura: Marcelo Melo

Duração: 4 minutos

Classificação: 10 anos

LÁGRIMA

Catibrum Teatro de Bonecos - Minas Gerais

Inspirado em 'A Terceira Margem do Rio', o espetáculo narra a história de um filho que acompanha o abandono do pai e do pai que abandona sua família para viver longe, no oco do rio. Após construir sua canoa, o pai entra no rio e rema, rio abaixo, rio afora, rio adentro. O filho espera. A mãe e a filha se vão. O filho espera...

FICHA ARTÍSTICA

Criação e interpretação: Amaury Borges

Bonecos: Eduardo Santos

Trilha sonora original: Sérgio Andrade Silva Nicácio

Cenário e Iluminação: Tim Santos

Duração: 10 minutos

Classificação: 14 anos

MIRAGEM

Cia Mútua - Santa Catarina

Inspirada livremente no texto 'La Sed', de Rafael Curci, Miragem é uma reflexão sobre as diversas sedes que o ser humano sente nos desertos da vida. "É a alma hoje que está tão deserta. Morre-se de sede." Saint-Exupéry. E você, tem sede de quê?

FICHA ARTÍSTICA

Criação, Roteiro e Animação: Guilherme Peixoto

Esculturas, figurino, e estética: Mônica Longo

Mecanismos e iluminação: Guilherme Peixoto

Sonoplastia: Fernando Spessatto

Estrutura: Edson Wessler

Duração: 2 minutos

Classificação: 10 anos

MISSIVA

Cia Mútua - Santa Catarina

As mensagens em garrafas estão pelo mundo, jogadas ao sabor das ondas. Que fim elas levam… vão ao fundo ou encalham? São profundas ou 'algo que as valham'? Espetáculo inspirado nessas garrafas sem destino, que navegam pelos mares à procura de alguém que as decifre. A história é encenada dentro de uma garrafa e o público é convidado a espiar pelo gargalo. Toda a estética foi concebida a partir das cartas, bilhetes e recados recebidos pela autora.

FICHA ARTÍSTICA

Criação, roteiro, estética e animação: Mônica Longo

Mecanismos e iluminação: Guilherme Peixoto

Sonoplastia: Fernando Spessatto

Estrutura: Edson Wessler

Duração: 2 minutos

Classificação: 10 anos

NUM PISCAR DE OLHOS

Conceição Rosiere - Minas Gerais

Um teatro lambe-lambe como as antigas caixinhas de música. Esta é a chave para entrar, num piscar de olhos, no sonho mágico de uma fada.

FICHA ARTÍSTICA

Concepção, Criação e Confecção do cenário e bonecos: Conceição Rosière

Construção da caixa: Companhia Cenográfica

Luz: Gastão Arreguy

Duração: 1 minuto

Classificação: Livre

O ÚLTIMO DIA DE GRAÇA

Catibrum Teatro de Bonecos - Minas Gerais

Inspirado no conto 'A Menina de Lá', o espetáculo nos mostra desejos míticos na realidade da seca que assola o sertão e conta a história de uma criança que passa os dias entre brincadeiras e rezas. Todos a tinham como santa e a procuravam com suas aflições e desejos. Graça, como era chamada, tinha a fama de realizar desejos. E ela também os tinha.

FICHA ARTÍSTICA

Criação e interpretação: Patrícia Rache

Bonecos: Patrícia Rache, Tim Santos e Lelo Silva

Cenário e iluminação: Tim Santos

Trilha sonora: Tim Santos

Figurino: Regina Gontijo

Duração: 10 minutos

Classificação: 14 anos

TREM DA MEMÓRIA

Catibrum Teatro de Bonecos - Minas Gerais

Inspirado no conto 'Sorôco, sua Mãe, sua Filha', e nas obras de Arthur Bispo do Rosário. A história envereda pelos caminhos tortuosos da loucura para contar a história de Sorôco e a dor do abandono. Sua mãe e sua filha partiriam no trem das 12h45 para Barbacena. Alguns diziam que era para nunca mais...

FICHA ARTÍSTICA

Criação e interpretação: Lelo Silva

Bonecos: Lelo Silva, Patrícia Rache e Luiza Bastos

Cenário e Iluminação: Tim Santos

Trilha sonora: Lelo Silva, Tim Santos - Colaboração de Admar Fernandes

Vozes: Teuda Bara, Lelo Silva, Eduardo Santos, Amaury Borges, Adriana Focas, Patrícia Rache e Daniela Perucci

Duração: 9 minutos

Classificação: 14 anos

VERBO

Pigmalião Escultura que Mexe - Minas Gerais

"Tu és e ao pó retornarás". Este é o ponto de partida da cena curta "Verbo", que trata da criação do homem, abordando a sua fragilidade e sua condição no mundo. Uma montagem intimista, livremente inspirada no livro do Gênesis.

FICHA ARTÍSTICA

Concepção e interpretação: Igor Godinho

Duração: 10 minutos

Classificação: 10 anos

O SEGREDO DA BORBOLETA

Cia Zina Vieira - Belo Horizonte

A história mostra a transformação de uma lagarta em borboleta. Numa sucessão poética, representa o ciclo natural da vida e a constante adaptação dos seres vivos ao meio ambiente.

FICHA ARTÍSTICA

Concepção, construção, roteiro e manipulação: Zina Vieira

Trilha sonora: Domínio público

Duração: 2 minutos

Classificação: Livre

SONHO DE LEITURA

Cia Hermes Perdigão - Belo Horizonte

Na hora de dormir, um menino recebe visitas inesperadas. Seria um sonho?

FICHA ARTÍSTICA

Concepção e manipulação: Hermes Perdigão

Assistente: Aline Beatriz

Duração: 2 minutos

Classificação: Livre

INTERVENÇÕES:

PEPITA E OS OVOS DE OURO

Sol Zofiro - Minas Gerais

Uma intervenção teatral ambulante: representada por uma atriz e um boneco que, juntos, são dois personagens inspirados na fábula 'A Galinha dos Ovos de Ouro'. Público e personagens interagem no desejo de colher, dentro dos ovos, bilhetes com mensagens que valem ouro…

FICHA TÉCNICA

Direção, interpretação, manipulação e adereços: Sol Zofiro

Duração: 1 hora

Classificação: livre

MÁQUINAS DE CONTAR HISTÓRIAS

Grupo Aldeia Teatro de Bonecos - Minas Gerais

A Máquina de Contar Histórias é uma grande brincadeira e uma oportunidade para o público conhecer o mundo do teatro de Objetos. Estas divertidas Máquinas apresentam espetáculos em que o público atua ora como manipulador, ora como espectador. Baseada na ideia original da "Macchina per il Teatro Inconsciente" de "La Voce delle Cose"- (Itália).

FICHA ARTÍSTICA

Direção: Débora Mazochi

Criação: Aldeia Teatro de Bonecos

Adaptação de textos: Débora Mazochi

Locução: Affonso Júnior, Anita Fernandes e Débora Mazochi

Duração: 3 minutos

Classificação: Livre

DIA 25 (domingo)

Diário Mal assombrado

Cia Mevitevendo - São Paulo

Local: Teatro Izabela Hendrix - Rua da Bahia, 2.020 - B. Lourdes

Horários: Às 11h e 16

Preço: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia entrada)

Informações: (31) 3227-4472

Numa noite escura e misteriosa, dois curiosos encontram uma pequena mala e, dentro dela, um diário. Mas esse não é um diário qualquer - nele estão guardadas memórias de assombrações. Ao lerem essas histórias, libertam a Velha do Saco, o Sete Trouxas, a Mulher Caveira, o Homenzinho Terrível e outras aparições de arrepiar! Entre sustos e risadas, esses imaginários personagens mostrarão que podem não ser tão feios assim, nem tão malvados... Uma deliciosa brincadeira com os temores da infância.

Ficha Artística

Ideia original e texto: Cleber Laguna

Direção: Márcia Fernandes e Cleber Laguna

Criação de bonecos, máscaras e cenário: Cleber Laguna

Criação de figurinos e pesquisa sonora: Márcia Fernandes

Confecção plástica: Cia. Mevitevendo

Intérpretes: Cleber Laguna e Márcia Fernandes.

EXPOSIÇÃO - Cia Mevitevendo 15 anos

Período: De 17 a 25 de agosto de 2013

Local: Memorial Vale - Praça da Liberdade

Preço: Acesso gratuito

Funcionamento: Terça, quarta, sexta e sábado, das 10h às 18h; quinta, das 10h às 22h; domingo, das 10h às 16h

Exposição de personagens de diversos espetáculos criados durante os 15 anos de atividades da Cia Mevitevendo, que documentam o imaginário de histórias e figuras surpreendentes.

FESTIVAL INTERNACIONAL DE TEATRO DE BONECOS

PATROCÍNIO

Caixa

ArcelorMittal

APOIO CULTURAL

Instituto Unimed Belo Horizonte

INCENTIVO

Lei Municipal de Incentivo à Cultura

APOIO

Circuito Cultural Praça da Liberdade

REALIZAÇÃO

Catibrum Teatro de Bonecos

Catibrum realiza a 13ª edição do Festival Internacional de Teatro de Bonecos

Entre as atrações, Festival de Caixas, Exposição da Cia paulista Mevitevendo e estreia em BH de 'O Som das Cores', a aguardada montagem da Catibrum

Evento: 13ª edição do Festival Internacional de Teatro de Bonecos

Período: De 17 a 25 de agosto de 2013

Venda de ingressos:

Até dia 25 de agosto, os ingressos serão vendidos antecipadamente somente pelo Sinparc (postos e site); durante o festival, também nas bilheterias dos Teatros

Venda de ingressos on line: www.sinparc.com.br

Preços: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada)

E-mail para informação: informacao@festivaldebonecos.com.br

Informações para a Imprensa:

Assessoria de Imprensa: Júnia Alvarenga, fone: (31) 9179-1215

Mais informações: www.festivaldebonecos.com.br

A Catibrum Teatro de Bonecos realiza mais uma edição do Festival Internacional de Teatro de Bonecos (FITB), tradicional evento artístico do calendário cultural de Belo Horizonte. Nesta edição, a 13ª, em formato reduzido, a programação conta com espetáculos nacionais e internacionais, além da aguardada estreia de 'O Som das Cores', da Catibrum. O Festival conta também com a mostra 'Espetáculos de Caixas', em pequenos palcos, para 1 ou 2 espectadores, com roteiros curtos que variam entre 1 min e 10 min.

Outra atração do Festival é a exposição da Cia Mevitevendo, que completa 15 anos de atividades e apresenta ao público os principais personagens com os quais conviveram em todo esse período.

Para Lelo Silva, diretor artístico da Catibrum, a 13ª edição está bastante reduzida, em relação aos festivais anteriores, para tomar fôlego para a realização do próximo evento, em 2014. "Este ano, privilegiamos

Grupos e Companhias já consagradas no FITB pelo público mineiro. São espetáculos impactantes, que têm total aceitação do público. Outra importante novidade, que vale destacar, é o fato de os espetáculos estarem reunidos nos nobres espaços do Circuito Cultural Praça da Liberdade, sendo, talvez, o primeiro Grupo de BH a realizar um evento no local e permitir ao público assistir a vários espetáculos alternadamente, em função da proximidade entre um e outro Teatro", ressalta Lelo.

Lelo Silva revela, ainda, que em 2014 o FITB será realizado no CCBB-BH, e a grade da programação já está, desde agora, sendo fechada, com os principais grupos bonequeiros de todo o mundo, para uma edição histórica em Minas Gerais.

A diretora executiva do Festival, Adriana Focas, explica que essa edição vem coroar os princípios do FITB, de total respeito ao público em manter a qualidade dramatúrgica e de encenação. "Sempre temos o cuidado de atender não só ao público, mas, também, aos patrocinadores e parceiros, que muito contribuem com a manutenção do evento, além de serem distintos espectadores das montagens", conclui.

Catibrum Teatro de Bonecos - A Companhia traz em sua bagagem montagens originais, temporadas e turnês de espetáculos, oficinas e organização de eventos como o Festival Internacional de Teatro de Bonecos (FITB), que acontece anualmente em Belo Horizonte, desde o ano 2000.

Fundada em 1991 por Lelo Silva e Adriana Focas com o objetivo de pesquisar as manifestações populares e divulgá-las por meio dos títeres, a Cia conta hoje com um premiado repertório de espetáculos e abriga um espaço cultural com acervo de livros, vídeos, fotos e DVDs de espetáculos de teatro de animação de vários grupos de diferentes regiões de todo o mundo, gratuitamente, para consulta.

Paralelamente, a Catibrum promove a multiplicação do conhecimento artístico, por meio de oficinas de confecção e de manipulação de bonecos, palestras e encontros.

Desde sua fundação, a Catibrum desenvolve continuamente trabalho de valorização e divulgação do Teatro de Formas Animadas com permanente atualização de repertório, sendo referência mundial tanto pela qualidade artística dos espetáculos que realiza, quanto pelo alto nível da programação de eventos que produz. Atualmente, conta com patrocínio da Arcelor Mittal e apoio do Instituto Unimed BH.

Festival Internacional de Teatro de Bonecos - Evento que reúne as mais relevantes Cias e personalidades ligadas ao Teatro de Formas Animadas em todo o mundo, com uma extensa programação que inclui espetáculos de palco e rua, exposições, palestras, debates, passeatas de bonecões e oficinas.

Não por acaso, o público mineiro se apropriou do FITB. Há 13 anos, acontecia a primeira edição do evento que viria a se tornar a principal referência do gênero em Belo Horizonte e importante ponto de encontro mundial, pela repercussão e alcance da programação. Espetáculos como "A Rainha das Cores", da Erfreuliches Theater Erfurt (Alemanha), "Gulliver", da Viaje Inmóvel (Chile), "Cuentos Pequeños", de Hugo e Inês (Peru), "Bistouri", da Tof Theatre (Bélgica) e "Un Jour Il Vit une Pie", da Cia Kym Eun Yong (Coréia), Cie Philippe Genty (França), Familie Floz (Alemanha), Yeung Fai (China) entre muitas outras, deixaram na cidade a marca das produções consistentes, que elevam o pensamento estético mundial a respeito ao teatro de animação.

Arte presencial e em constante movimento, o Teatro de Formas Animadas esteve por muito tempo recolhido apenas como entretenimento de qualidade duvidosa para crianças. No ano de estreia do Festival Internacional de Teatro de Bonecos (2000), pouco se sabia sobre o gênero em Minas Gerais. No entanto, um sentimento inicial que parecia utopia, tornou-se realidade. Ao longo de 13 anos, o estado descobriu o valor da dramaturgia dos espetáculos de Teatro de Bonecos, desenvolveu critérios para receber Cias nacionais e internacionais e interagir com eles; construiu saberes a respeito de uma arte milenar em alguns países e que no Brasil tem forte relação com a cultura popular. Com isso, formou público rigoroso, exigente, qualificado e que hoje aguarda com ansiedade cada nova edição do FITB.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE