Teatro

Programação completa do FETO - Festival Estudantil de Teatro

- Atualizado em

ESPETÁCULOS | OFICINAS

ESPETÁCULOS

:: PROGRAMAÇÃO ESPETÁCULOS ::

Os ingressos para os espetáculos do FETO 2014 custam 6 reais (inteira) e 3 reais (meia-entrada) e podem ser adquiridos nas bilheterias dos teatros - exceto para o espetáculo "Maria Inês ou O que você mata pra sobreviver?", que será apresentado no dia 21/10, às 20h, na Funarte MG, e tem entrada franca.

» ESPETÁCULO CONVIDADO

Comunicação a uma Academia {espetáculo adulto}

CLUB NOIR | São Paulo, SP

LOCAL_Teatro Oi Futuro Klauss Vianna (Av. Afonso Pena, 4.001 - Mangabeiras)

DATA_16/10 e 17/10, às 20h

Diante de uma Academia não especificada (representação de todas as instituições dedicadas ao conhecimento humano), um macaco (interpretado por Juliana Galdino) se apresenta, visando fazer uma estranha comunicação: o relato de como se tornou humano. Separado por uma linha divisória dos excelentíssimos senhores acadêmicos, e vigiado constantemente por um discreto - mas atento - guarda armado, ele fala. E ao falar, revela o processo de transformação gradual - e incontornável - através do qual se tornou o que não era. Uma metáfora terrível de toda forma de condicionamento, colonialismo, adestramento e aculturação, o texto de Franz Kafka suscita a reflexão a respeito de questões urgentes e graves da era globalizada.

[Duração: 60 minutos | Classificação etária: 16 anos]

Veríssimo à Vera {espetáculo infanto-juvenil}

Grupo Teia | Nova Friburgo, RJ

LOCAL_Teatro Alterosa (Av. Assis Chateaubriand, 499 - Floresta)

DATA_17/10, às 16h

O espetáculo Veríssimo à Vera é composto por crônicas de Luiz Fernando Veríssimo, com um tema em comum: família. As cenas são entremeadas por músicas, executadas ao vivo pelos atores. Jogando com as possibilidades de levar ao palco textos não dramatúrgicos, a linguagem narrativa e com os encantos da linguagem teatral, o Grupo Teia deparou-se com as delícias e dificuldades do processo de criação de um espetáculo, brincando de fazer teatro à vera!

[Duração: 60 minutos |Classificação etária: 10 anos]

…Cinzas {espetáculo adulto}

Oficinas das Artes - Colégio Pentágono | Rio de Janeiro, RJ

LOCAL_Teatro Alterosa (Av. Assis Chateaubriand, 499 - Floresta)

DATA_18/10, às 16h

...Cinzas é um sonho de carnaval. No último dia da folia, Pierrô, Arlequim e Colombina decidem por um ponto final no seu triângulo amoroso e vão se valer das grandes obras literárias da língua portuguesa para defenderem seus pontos de vistas e seu amor. Paixão, traição e carnaval...Tudo isso alimentado pelo samba e pela poesia de Cartola. E quem fica com quem? É preciso descobrir antes que seja quarta-feira de cinzas.

[Duração: 65 minutos | Classificação etária: 10 anos]

Assemblage {espetáculo adulto}

Coletivo Trocado | Florianópolis, SC

LOCAL_Teatro Oi Futuro Klauss Vianna (Av. Afonso Pena, 4.001 - Mangabeiras)

DATA_18/10, às 20h

Cena de encontros. Com pessoas, mundos, espaços e tempos diversos. Passado, presente e futuro coexistem para retratar o tempo (e a vida) em sua multiplicidade. Assemblage oferece deslocamentos e conduz uma busca. Que memórias você coleciona? Que perguntas você carrega? Por quais experiências você é marcado? Quais pensamentos estão colados em você?

[Duração: 60 minutos | Classificação etária: livre]

A Jornada de Kim {espetáculo infantil}

Turbina Criativa | Rio de Janeiro, RJ

LOCAL_Teatro Alterosa (Av. Assis Chateaubriand, 499 - Floresta)

DATA_19/10, às 16h

Kim descobre que sua mãe está com uma grave doença e ouve Tia Joquinha - amiga da família - falar sobre um possível remédio que pode salvar a vida de sua mãe. A menina decide ir atrás dessa cura, sem nem mesmo saber por onde deve seguir. No caminho encontra diversos seres, entre eles, um grupo de anões que anuncia o local onde se encontra a flor e lhe fornece uma dica enigmática para encontrar o caminho certo. Outros seres - estranhos a ela - tentam confundi-la e desviá-la de seu caminho.

[Duração: 50 minutos | Classificação etária: livre]

Cama, mesa e banho {espetáculo adulto}

Grupo Batatas e Carambolas | Belo Horizonte, MG

LOCAL_Teatro Oi Futuro Klauss Vianna (Av. Afonso Pena, 4.001 - Mangabeiras)

DATA_19/10, às 20h

O espetáculo é uma montagem baseada em três contos de Nelson Rodrigues: Casal de três, Marido Sanguinário e O abismo. Os contos falam de histórias de relacionamentos repletas de tabus que, ao desenrolar, mostram a realidade tragicômica do universo rodrigueano. Criado sobre o conceito da mímese corpórea, o espetáculo mostra situações escritas na década de 60, mas que são completamente condizentes com os dias de hoje.

[Duração: 45 minutos | Classificação etária: 12 anos]

Caipora Maluca {espetáculo infantil}

Art'ncena | Brasília, DF

LOCAL_Teatro Alterosa (Av. Assis Chateaubriand, 499 - Floresta)

DATA_20/10, às 16h

Duas primas encontram uma Caipora bem maluca que as leva para viajar pelos cantos do Brasil, vivendo grandes aventuras em família e desvendando mistérios. Cultura, aventura e diversão!

[Duração: 65 minutos | Classificação etária: livre]

Vagabundos {espetáculo adulto}

Vagabundos | Fortaleza, CE

LOCAL_Galpão Cine Horto (Rua Pitangui, 3.613 - Sagrada Família)

DATA_20/10, às 20h

Uma coleção de histórias transformada numa coleção de gestos, misturada a uma lista de músicas composta por um coletivo de bombas, exposto numa rua sem começo e sem fim. Uma multidão de amores que vai e volta num espiral, muitos gritos, muitos sustos, muitos saltos, muitos mundos.

[Duração: 60 minutos | Classificação etária: 16 anos]

@romeu&julieta {espetáculo infanto-juvenil}

Grupo Cênico Tatu Bola | Pará de Minas, MG

LOCAL_Teatro Alterosa (Av. Assis Chateaubriand, 499 - Floresta)

DATA_21/10, às 16h

@romeu&julieta é o amor como antídoto para os males da juventude. Dois grupos rivais, uma escola e uma diretora que não sabe o que ela fazer pra acabar com tanto ódio entre os jovens da comunidade. Em meio ao caos, surge um grande amor entre dois jovens que vão ter que ter valentia pra enfrentar as adversidades. Será que nessa história o amor vencerá?

[Duração: 60 minutos | Classificação etária: 8 anos]

Maria Inês ou O que você mata pra sobreviver? {espetáculo adulto}

Cia Ato Reverso | São Paulo, SP

LOCAL_Funarte MG (Rua Januária, 68 - Centro)

DATA_21/10, às 20h

O espetáculo tem como ponto de partida a narrativa da canção "Maria Inês", do grupo musical paulistano Karnak. Seguindo a trajetória da personagem que, para se salvar, assassinou o marido, o cunhado e o sobrinho, o espetáculo lança a pergunta "O que você mata para sobreviver?". Junto com Maria Inês, outras vozes aparecem, questionando os conceitos de formação, sobrevivência e liberdade. São os relatos construídos pela Cia durante seu contato com adolescentes da Fundação Casa, transformados em dramaturgia.

[Duração: 60 minutos | Classificação etária: 14 anos]

Raízes {espetáculo infanto-juvenil}

Grupo Casca Grossa | São Roque, SP

LOCAL_Teatro Alterosa (Av. Assis Chateaubriand, 499 - Floresta)

DATA_22/10, às 16h

Em busca de memória de família, o grupo mergulhou em histórias pessoais que se tornaram coletivas por meio de improvisações e trocas de experiências. Raízes surgiu numa teia cênica que liga, identifica e revela o grupo Casca Grossa e seus integrantes. Cena a cena, são construídos pais, mães, tios, filhos em situações cômicas e intensas.

[Duração: 35 minutos | Classificação etária: livre]

Histórias do Sr. Ninguém {espetáculo adulto}

Mininis em Cena | São Paulo, SP

LOCAL_Teatro Oi Futuro Klauss Vianna (Av. Afonso Pena, 4.001 - Mangabeiras)

DATA_22/10, às 20h

Por meio de pequenas e bem humoradas histórias, o Sr. Ninguém traz ao público diversas questões do homem e da sociedade, e provoca a dúvida com seu pensamento particular.

[Duração: 90 minutos | Classificação etária: livre]

Abensonhar {espetáculo adulto}

Coletivo Najimi | Brasília, DF

LOCAL_Galpão Cine Horto (Rua Pitangui, 3.613 - Sagrada Família)

DATA_23/10, às 20h

Quando o rio é tempo quem navega é lembrança. Miraginando pelas nascentes literárias de Mia Couto, encontramos estórias ansiosas por se fazerem reais, fatos sonhando ser palavras, mas a palavra é leve demais para se prender nessa tal realidade... Que sonhos convidam a existir?

[Duração: 90 minutos | Classificação etária: livre]

OFICINAS

:: PROGRAMAÇÃO ATIVIDADES FORMATIVAS ::

As oficinas e atividades formativas desta edição têm início no dia 13 de outubro e são voltadas a um público diverso - crianças, adolescentes, professores, atores, estudantes de teatro, músicos e dançarinos. As inscrições para podem ser feitas pelo site www.fetobh.art.br até 6 de outubro.

OFICINAS GRATUITAS

Teatro Plástico

de 13 a 15/10, das 9h às 12h (9 horas/aula)

Público: crianças de 5 a 8 anos

Local: Funarte MG (Rua Januária, 68, Centro)

Através do contato e experimentação com elementos plásticos, a oficina propõe despertar as possibilidades expressivas, a relação do corpo com o espaço e a criação cênica com objetos. A ideia é explorar a composição cênica partindo de jogos e brincadeiras.

JULIANA BARRETO formou-se como atriz profissional no Centro de Formação Artística da Fundação Clóvis Salgado (CEFAR). Como arte-educadora, integrou o Núcleo Pedagógico do Galpão Cine Horto, desenvolveu oficinas e dirigiu o Centro Lúdico de Interação e Cultura. Há 12 anos dirige o Núcleo de Criação e Pesquisa Sapos e Afogados com atores portadores de saúde mental. Coordenou a escola de Teatro do CEFAR.

Sabe, também crio histórias. Posso contar para você?

de 13 a 15/10, das 9h às 13h (12 horas/aula)

Público: crianças de 9 a 12 anos

Local: Funarte MG (Rua Januária, 68, Centro)

A partir de práticas de sensibilização com jogos teatrais, narração de histórias reais e inventadas, vídeos e momentos de troca reflexiva, a oficina buscará desenvolver com as crianças suas habilidades expressivas e comunicativas, numa relação dialógica, criativa e crítica com o mundo em que estão.

RENATA CABRAL é atriz e professora de teatro graduada pela EBA/UFMG. Como arte-educadora, ministrou aulas em várias escolas de Belo Horizonte e realizou oficinas em festivais e eventos culturais da cidade e região. Atualmente, atua nas peças Por Elise, do grupo Espanca!, no projeto Circo SESI, e no espetáculo A Noite Devora Seus Filhos, do coletivo Paisagens Poéticas, do qual é também uma das coordenadoras.

DANÚBIA GARDÊNIA é educadora e cientista social graduada na UFMG. Como educadora já realizou diversos trabalhos de formação cidadã e de Direitos Humanos com crianças, adolescentes e jovens. Atualmente integra o Fórum da Juventudes e desenvolve um projeto com a juventude da ocupação Guarani Kaiowa.

O movimento e o canto como princípios para o jogo, o jogo como princípio para a atuação

de 13 a 15/10, das 13h às 17h (12 horas/aula)

Público: jovens de 13 a 17 anos

Local: Funarte MG (Rua Januária, 68, Centro)

A oficina investiga de que maneira a presença e a percepção do aluno/atuante modifica seu comportamento cênico e, por conseguinte, sua expressividade. Através do canto e do movimento cria-se um espaço de criatividade em que é possível pesquisar como a percepção do ator se modifica quando está em situação de jogo.

CRISTIANO PEIXOTO é ator e diretor. É mestre em teatro pela UFMG e foi professor de teatro no CEFAR/Palácio das Artes. Integrou os grupos Laboratório Permanente de Ricerca sull'arte dell'attore (Italia) e Studium Teatralne (Polônia), com o qual atuou no espetáculo Czlowiek. É co-fundador do Grupo Teatro Pontífex. Dirigiu o show musical !Evoé - música para ser vista e fez a assistência de direção da ópera A Menina das Nuvens de Heitor Villa Lobos e regência de Roberto Duarte. Foi Coordenador de Eventos Especiais e Atividades Formativas do FIT-BH 2012. Dirigiu o espetáculo Adeusàmorte com a Cia do Desassossego e atua no espetáculo Tennessee (em processo de montagem) com direção de Eid Ribeiro.

AMANDA PRATES é formada no curso de Licenciatura em Educação Artística/Habilitação em Música pela Escola de Música da UEMG. Desde 2009, é a cantora e compositora do Grupo Girau. Em Setembro de 2011, estreou o espetáculo !Evoé Música para ser vista, no qual coordenou, produziu, compôs e cantou. Atua como preparadora vocal, compositora e diretora de trilhas sonoras - entre elas, destacam-se Rosa dos Tempos, com direção de Cristiano Peixoto (2009), Corpo Fechado (2009) e A Casa de Lá, com direção Ricardo Gomes (2010), no qual também exerceu a função de atriz.

Oficina de teatro para professores

de 13 a 16/10, das 9h às 13h (16 horas/aula)

Público: professores, coordenadores de cursos, grupos e oficinas de teatro, e estudantes de licenciatura

Local: Funarte MG (Rua Januária, 68, Centro)

A aprendizagem em teatro compreendida como processo de construção de conhecimento sustentado pelo jogo dramático coletivo. Abordagem de atividades práticas aliadas a reflexões teóricas que tenham por base elementos fundamentais do conhecimento teatral. Concepções de teatro e os seus modos de constituição na cultura escolar.

VERA BERTONI é atriz de teatro e professora associada do Setor de Ensino de Teatro do Departamento de Arte Dramática do Instituto de Artes da UFRGS. É doutora em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação, bacharel em Artes Cênicas com Habilitação em Interpretação Teatral e licenciada em Educação Artística com Habilitação em Artes Cênicas pela UFRGS. Autora dos livros Cor, som e movimento: a expressão plástica, musical e dramática no cotidiano da criança, Brincadeira e conhecimento: do faz-de-conta à representação teatral, Educação Infantil: prá que te quero?.

OFICINAS A PREÇOS POPULARES

Atuação como construção do tempo, do espaço e do imaginário

De 16 a 17/10, das 10h às 13h (6 horas/aula)

Público: estudantes de teatro

Local: Espaço Aberto Pierrot Lunar (Rua Ipiranga, 137, Floresta)

O trabalho a ser realizado na Oficina recusa o jogo realista/naturalista: a função mimética do ator é subtraída, para a criação de outros sentidos para o fenômeno teatral. O foco se dirige para a materialidade do texto, para as palavras e para a estrutura da obra. É nesta materialidade que se traduz e se expande a arquitetura de pensamento do autor, com todas as suas contradições e movimentos inconscientes. Os encontros darão aos atores a possibilidade de descobrirem novos e inaugurais sentidos em uma obra, descolando-se de conteúdos e formas hegemônicas.

JULIANA GALDINO é atriz, diretora e professora de Artes Cênicas. Trabalhou de 1999 a 2006 com o diretor Antunes Filho, em São Paulo, atuando em uma série de espetáculos e protagonizando Antígona e Medéia 1 e 2, tendo ganho o Prêmio SHELL 2002 de Melhor Atriz por esse último. Foi professora de Interpretação no CPT - Sesc Anchieta (2001-2005) e na USP (2006). Criou a companhia CLUB NOIR, ao lado do diretor Roberto Alvim, em 2006, com a qual estreou diversos espetáculos até o momento, entre eles O Quarto, de Harold Pinter (vencedor do Prêmio BRAVO! Prime de Melhor Espetáculo de 2009) e Comunicação a uma Academia, de Franz Kafka (pelo qual foi indicada ao Prêmio SHELL 2009 de Melhor Atriz).

PULSO-PRESENÇA - um jeito de fazer tradicional e o contemporâneo

De 18 a 21/10, das 9h às 13h (16 horas/aula)

Público: músicos, atores, dançarinos e interessados em artes cênicas e tradicionais

Local: Espaço Aberto Pierrot Lunar (Rua Ipiranga, 137, Floresta)

Na tradição do Cavalo Marinho e Maracatu Rural, música, dança e teatro nascem de um mesmo impulso e seguem os mesmos princípios. Princípios geradores de um estado, uma PRESENÇA, que podem ser utilizados em qualquer contexto. Entre os princípios está a ligação direta e precisa com a PULSAÇÃO, ponto inicial de qualquer fazer musical, mas que nestas tradições também é utilizado na dança e no teatro. O objetivo principal desta oficina é vivenciar esse princípio através do corpo com dinâmicas individuais e coletivas.

HELDER VASCONCELOS é músico, ator e dançarino, formado nas tradições do Cavalo Marinho e do Maracatu Rural de Pernambuco. É um dos fundadores do grupo musical Mestre Ambrósio. Criou os espetáculos Espiral Brinquedo Meu, dirigido por atores do Lume Teatro, e Por Si Só e Foco - processo de criação, contemplados em edições do Programa Rumos Itaú Cultural Dança. Dirige e atua no grupo Boi Marinho, que participa do Carnaval pernambucano há 15 anos. Desenvolve um trabalho de formação, por meio de oficinas, desde 1998. No cinema, atuou nos longa-metragens O Homem que Desafio o Diabo e A Luneta do Tempo.

Inaugurando obras pela cidade - em busca do político na cena teatral de rua

de 22 a 24/10. Dia 22, das 10h às 14h; dia 23 e 24, das 9h às 14h (14 horas/aula)

Público: atores e não atores

Local: Espaço Aberto Pierrot Lunar (Rua Ipiranga, 137, Floresta)

A oficina intensiva conduzida por Evelise Mendes compartilha algumas das questões abordadas na pesquisa da diretora, culminando na participação dos alunos na encenação de rua A Inauguração. Em um primeiro momento, serão trabalhados jogos e exercícios de desconstrução paródica. Depois, os alunos criarão suas figuras e serão instigados na busca por seu "bufo contemporâneo". No terceiro momento será ensaiada a encenação com os alunos.

EVELISE MENDES é artista de teatro de rua de Porto Alegre (RS) formada em Direção Teatral pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (DAD/UFRGS) e mestra em Artes Cênicas pela mesma instituição. Dentre os principais trabalhos que dirigiu, destacam-se A Serpentina ou Meu Amigo Nelson (grupo Pindaibanos), Os Dez Mandamentos da Capital (Povo da Rua - teatrodegrupo), e o experimento cênico de rua A Inauguração.

SERVIÇO

FETO 2014 [16 a 24 de outubro]

» Espetáculos no Teatro Oi Futuro Klauss Vianna, Teatro Alterosa, Galpão Cine Horto e Funarte MG

Ingressos: R$6,00 (inteira) e R$3,00 (meia-entrada)

» Inscrições para as oficinas até o dia 6 de outubro pelo site

SERVIÇO FETO 2014 [16 a 24 de outubro]

» Espetáculos no Teatro Oi Futuro Klauss Vianna, Teatro Alterosa, Galpão Cine Horto e Funarte MG

Ingressos: R$6,00 (inteira) e R$3,00 (meia-entrada)

» Inscrições para as oficinas até o dia 6 de outubro pelo site

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE