Teatro

Programação completa do Palco Giratório

- Atualizado em

ESPETÁCULOS

Homens de Solas de Vento

Cia Solas de Vento - São Paulo/SP

Sexta (8), 21h

Grande Teatro Sesc Palladium

Gênero: circo | Classificação: 10 anos | Duração: 60 min

Sinopse

Dois viajantes prestes a embarcar ficam retidos numa aduana, impossibilitados de seguir adiante. Limitados a viver num saguão, num limbo suspenso e desconhecido, cada um tenta se instalar, tendo somente suas malas para criar um espaço pessoal. Enquanto aguardam a decisão para seguir seus destinos, esses dois estrangeiros vão aproximar-se, afrontar-se, dialogar para, talvez, e, afinal, encontrar-se.

Plagium?

Cia. Dançurbana - Campo Grande/MS

Sábado (9), 21h

Grande Teatro Sesc Palladium

Gênero: dança | Classificação: livre | Duração: 40 min

Sinopse

É difícil encontrar uma definição exata para o que se configura como plágio e para o que é original em uma época de hipercompartilhamento nas redes sociais. Quase tudo é compartilhado, reproduzido, e esse jeito de agir passa a ser um hábito de conhecer, comunicar e, portanto, de criar. Plagium? compõe algo singular por meio de apropriações de espetáculos que já existem, além de conter reações a toda essa reviravolta que a denúncia anônima ocasionou. É esta a discussão que Plagium? levanta: a do que é singular (e aqui já não cabe mais perguntar sobre originalidade) quando o que se quer é evidenciar o que há de comum com outras obras.

O Segredo da Arca de Trancoso

Grupo Vilavox - Salvador/BA

Domingo (10), 17h

Praça Duque de Caxias

Gênero: espetáculo de rua | Classificação: livre | Duração: 90 min

Sinopse

Inspirado no universo dos contos orais brasileiros, o espetáculo utiliza técnicas de pernas de pau, máscara e músicas originais para contar a história de um menino encarregado de levar uma arca de madeira até um local muito distante. Logo ele descobre que a tal arca, espécie de baú, parece ter o poder de transformar a vida de todos os que tentam ver o que ela contém. Numa sucessão de surpresas, homens e mulheres com toda sorte de intenções, animais falantes e criaturas fantásticas surgem no caminho do menino tentando tomar posse da arca, o que demonstra ser aquele estranho objeto muito mais poderoso do que se possa imaginar.

Barrica Poráguabaixo

Palhaça Barrica - Chapecó/SC

Terça (12), 13h30

Teatro de Bolso Júlio Mackenzie Sesc Palladium

Gênero: circo | Classificação: livre | Duração: 45 min

Sinopse

O espetáculo trata dos planos quase frustrados da Palhaça Barrica de ir à praia. Somente o desejo de ir já é um bom motivo para atrapalhações. Num lugar de proximidade com o público e utilizando-se de recursos concretos e imaginários, a Palhaça lança mão de toda a sua graça e sensibilidade para realizar seu sonho, vencendo os limites impostos pelos padrões a fim de alcançar o prazer e a alegria, em momentos de pura brincadeira consigo mesma e com a plateia.

O Mistério da Bomba H______

Grupo Oriundo de Teatro - Belo Horizonte/MG

Terça (12), 14h

Sesc Contagem-Betim

Gênero: teatro infantojuvenil | Classificação: livre | Duração: 55 min

Sinopse

Em meio à visita de um famoso ator de televisão e a uma ameaça de atentado terrorista, no qual seria utilizada a terrível bomba H______, entram em cena fãs histéricas, super-heróis, autoridades e malandros que, entre disfarces, amores impossíveis e perseguições, representam o embate entre frangos e perus que movimenta Galinópolis e seus habitantes. Com a trilha sonora original totalmente executada ao vivo pelo elenco, O Mistério da Bomba H______ é um espetáculo leve, divertido e inteligente. É uma fábula sem ter propriamente uma moral, mas com diversas reflexões, para qualquer idade.

Solamente Frida

Cia. Garotas Marotas - Rio Branco/AC

Quinta (14), 21h

Grande Teatro Sesc Palladium

Gênero: teatro adulto | Classificação: 14 anos | Duração: 65 min

Sinopse

A proposta dramatúrgica concentra-se nos aspectos humanos desta personagem real para construir um espetáculo que faça emergir o que pode ultrapassar a condição de mito. O texto destaca aquilo em que o público pode se reconhecer: os limites do corpo, a luta pela vida, a entrega às paixões e a mente criadora que enfrenta as adversidades do mundo, em direção à transcendência pela arte. O espetáculo recorta alguns aspectos da vida de Frida, seja em imagens, seja em textos narrativos.

Anônimo

Grupo Peleja - Recife/PE

Sexta (15), 20h

Teatro de Bolso Júlio Mackenzie Sesc Palladium

Gênero: teatro adulto | Classificação: 12 anos | Duração: 40 min

Sinopse

Anônimo é um homem atônito. Vive sozinho, mas não se sente só. Não por demasiado amor próprio, antes talvez por total falta de emoção. Nada parece comovê-lo. Anônimo não é um "sem nome" - possui um! - embora não se recorde... Mas isso não o aflige, não é uma informação relevante em sua vida. Vida? Sobrevida seria mais adequado ao uso que Anônimo faz de seus dias. Atravessa os dias como quem atravessa a rua, para chegar ao outro lado.

Inaptos? A que se Destinam...

Teatro de Anônimo - Rio de Janeiro/RJ

Sexta (15) e sábado (16), 21h

Grande Teatro Sesc Palladium

Gênero: circo | Classificação: 16 anos | Duração: 80 min

Sinopse

Sob uma atmosfera lúdica e fantástica, Inaptos? aborda os vícios, manias e perversões da sociedade: dos compulsivos por plástico-bolha aos loucos por cirurgias plásticas e substâncias químicas, passando pelos viciados em games e fanáticos por religião. O espetáculo encara essas esquisitices, sem julgamentos morais, como direito do ser humano. Em cumplicidade com o crânio Yorick, os palhaços João Carlos Artigos (Seu Flor), Fábio Freitas (Prego) e Shirley Britto (Buscapé) costuram intensas histórias de personagens que levam suas ações às últimas consequências. Como diz Lysander Spooner, "o que diferencia o vício da virtude é apenas a intensidade".

Till - a Saga de um Herói Torto

Grupo Galpão - Belo Horizonte/MG

Sábado (16), 18h30

Praça do Papa

Gênero: espetáculo de rua | Classificação: livre | Duração: 90 min

Sinopse

Um dia, o Demônio aposta com Deus que se tirasse do homem algumas qualidades, ele cairia em perdição. Deus, aceitando o desafio, resolve trazer ao mundo a alma de Till. Vivendo em uma Alemanha miserável, ele é abandonado em meio ao frio e à fome e descobre que a única maneira de sobreviver é sendo ainda mais esperto. Assim começa sua saga cheia de velhacarias. Criado pela cultura popular alemã da Idade Média, Till é o típico anti-herói cheio de artimanhas e dotado de um irresistível charme. A peça conta também a história de três cegos andarilhos que sonham alcançar as torres de Jerusalém e salvar o Santo Sepulcro das mãos dos infiéis.

Romeu e Julieta: o Encontro de Shakespeare e a Cultura Popular

Grupo Garajal - Maracanaú/CE

Domingo (17), 17h

Praça Duque de Caxias

Gênero: espetáculo de rua | Classificação: livre | Duração: 70 min

Sinopse

A história de amor juvenil mais encenada no planeta é transposta para um terreiro de reisado, festa típica do regionalismo nordestino. A ela são agregadas as figuras de Mateus, Catirina e Jaraguá, além de príncipes e guerreiros a mediar o embate dos Montecchio e dos Capuleto. A expressão corporal é apoiada em lutas de espadas, danças e brincadeiras como pau de fita e roda de coco. Uma escada de madeira para pintor é convertida em principal suporte cenográfico e dá a ver, por exemplo, a cena dos enamorados na sacada de uma janela. Os artistas jogam com todos esses elementos na gangorra entre o bardo inglês e o folguedo brasileiro.

Gaiola de Moscas

Grupo Peleja - Recife/PE

Domingo (17), 20h

Grande Teatro Sesc Palladium

Gênero: teatro adulto | Classificação: livre | Duração: 50 min

Sinopse

Zuzé é um curioso comerciante, vendedor de cuspes que, para salvar os negócios, torna-se vendedor de moscas. Sua mulher, cansada das ideias do marido, encanta-se por um forasteiro vendedor de "pintadas" de batons. A encenação envolve o espectador num universo de precariedade e alegria, em que os personagens sobrevivem entre destroços e sonhos. Adaptado do conto homônimo do escritor moçambicano Mia Couto, Gaiola de Moscas é um espetáculo inspirado na brincadeira popular pernambucana do Cavalo-Marinho.

Cidade dos Outros

Cia Pessoal de Teatro - Cuiabá/MT

Segunda (18), 19h

Grande Teatro Sesc Palladium

Gênero: teatro adulto | Classificação: 12 anos | Duração: 50 min

Sinopse

Cidade dos Outros tem inspiração beckttiniana e trata da circularidade da vida, da inapetência para a ação e da eterna espera pelo maná divino. O espetáculo traz uma máquina de cena, na qual dois personagens famintos estão amarrados um ao outro. Passam seu tempo fazendo planos para gastar os "milhões" em dinheiro que terão quando ganharem na loteria, que jogam diariamente. Suas vidas se resumem em esperar e sonhar. A máquina de cena é fixa em um eixo central, com mobilidade para todos os lados, como uma moenda onde os personagens são o gado preso.

Do Repente

Lamira Artes Cênicas - Palmas/TO

Terça (19), 18h

Praça Duque de Caxias

Gênero: espetáculo de rua | Classificação: livre | Duração: 35 min

Sinopse

Do Repente engloba as linguagens da dança e do teatro. Sua poética foi elaborada em torno do universo do romanceiro popular do Nordeste brasileiro e da influência e presença dessa cultura na formação das "diversas culturas" brasileiras. Trata-se de uma releitura que relaciona o universo do romanceiro popular nordestino com o universo urbano e globalizado da atualidade, no intuito de produzir uma experiência estética diferenciada para o público. Seu processo de criação englobou pesquisas sobre commedia dell'arte, o uso das máscaras na construção de personagens e a movimentação articular, existente na manipulação de títeres.

Ensaio | No Soy un Maricón + Uma Flor de Dama

Toda Deseo - Belo Horizonte/MG +

Coletivo Artístico As Travestidas - Forteleza/CE

Quinta (21), 21h

Grande Teatro Sesc Palladium

Gênero: teatro adulto | Classificação: 18 anos | Duração: 80 min

Sinopse

Uma noite na vida de uma travesti: do momento que entra no camarim e se prepara para fazer um show, até o momento que vai às ruas para prostituir-se. No fim da noite, vê-se sentada no bar tomando a última e quente cerveja e falando sobre sua vida, suas escolhas, seus amores, seus desejos, seu ódio. O público acompanha a vida dessa personagem fictícia e acrescida de fatos reais a partir de uma pesquisa de campo do ator, que coloca em cena questões como HIV, política, preconceito, e, especialmente, as escolhas que a vida nos oferece (ou das quais nos priva).

Louça Cinderella

Cia. Gente Falante - Porto Alegre/RS

Sexta (22), 19h e 20h

Teatro de Bolso Júlio Mackenzie Sesc Palladium

Gênero: teatro de objetos | Classificação: livre | Duração: 20 min

Sinopse

Inspirada na obra dos Irmãos Grimm e de Charles Perrault, escrita no século XIX com o nome de Gata Borralheira, esta adaptação sintética da Cia Gente Falante, convertida em teatro narrativo com objetos, conta a história de Cinderella, uma xícara de louça comum, sem adornos ou valor histórico, porém com conteúdo especial, sempre cheia de chás aromáticos e curativos disponíveis para esquentar quem estivesse necessitado em noites frias de inverno. A adaptação é encenada em uma celebração de "chá das cinco", evento habitual e herança dos nobres do País de Gales.

Qualquer Coisa a Gente Muda

Angel Vianna + Maria Alice Poppe - Rio de Janeiro/RJ

Sábado (23), 21h, e domingo (24), 19h

Grande Teatro Sesc Palladium

Gênero: dança | Classificação: livre | Duração: 50 min

Sinopse

Um experimento coreográfico que celebra os 85 anos de Angel Vianna, dos quais 65 são dedicados inteiramente à dança. O sentido de supressão se torna motivação para a encenação. Essas ações de substituição formam uma narrativa construída pelo encontro entre o público e a atenção de Angel Vianna sobre o espaço cênico, sua sensibilidade, seus gestos e suas intenções. Em justaposição, a bailarina Maria Alice Poppe introduz uma dança que acrescenta volume e expansão à cena e propõe uma organização sequencial acionada pela memória imediata, um cardápio de possibilidades impulsionado pela atenção à movimentação que é construída passo a passo.

Sargento Getúlio

Teatro Nu - Salvador/BA

Terça (26), 20h

Grande Teatro Sesc Palladium

Gênero: teatro adulto | Classificação: 14 anos | Duração: 50 min

Sinopse

Getúlio Santos Bezerra, sargento sergipano, recebe a seguinte missão de um chefe político do estado: ele deve prender alguém e levar esse preso político de Paulo Afonso, na Bahia, a Aracaju, em Sergipe. É sua última missão, antes da pretensa aposentadoria. Contudo, as ordens são mudadas, o panorama político se altera e Getúlio recebe a contraordem de soltar o prisioneiro e sumir. Mas o sargento disse que ia levar o preso, que ia cumprir seu destino contra tudo e todos. Segue em desatino à incumbência que lhe foi dada de início.

Menu de Heróis

Núcleo do Dirceu - Teresina/PI

Quarta (27), 14h30

Grande Teatro Sesc Palladium

Gênero: dança | Classificação: livre | Duração: 56 min

Sinopse

Menu de Heróis não é uma história pronta. Não existem vilões, mocinhos, nem mesmo uma cidade. Só existe um lugar preenchido de coisas: isopor com chuteira, balde com cadeira, realidade e ficção. Porque ser herói hoje em dia é (talvez) conseguir um espaço para ser o que você quiser. Por mais que isso pareça diferente! É como se existisse um superpoder… super poder desorganizar, super poder errar, super poder experimentar. Por isso é uma dança feita de banalidades, preenchida da poesia e beleza das coisas que parecem não fazer sentido. Brincar quando se é pequeno é fazer aquilo que o corpo precisa, de um jeito que a gente ainda nem sabe.

O Deus da Fortuna

Coletivo de Teatro Alfenim - João Pessoa/PB

Quinta (28), 20h

Grande Teatro Sesc Palladium

Gênero: teatro adulto | Classificação: 14 anos | Duração: 95 min

Sinopse

O Deus da Fortuna é uma parábola sobre o capital em seu estágio global de volatilização. Narra a história de Wang, um proprietário de terras afundado em dívidas, na China Imperial. Zao Gong Ming, o Deus da Fortuna, surge à sua frente e lhe desvenda o futuro, com a condição de que seja erguido um templo em sua honra. O proprietário deixará as formas primitivas de acumulação do capital para dedicar-se à especulação financeira.

Viúva, porém Honesta

Grupo Magiluth - Recife/PE

Sexta (29), 21h

Grande Teatro Sesc Palladium

Gênero: teatro adulto | Classificação: 16 anos | Duração: 80 min

Sinopse

Depois da morte do marido, Ivonete resolve virar uma mulher "honesta", mantendo-se fiel ao finado. Uma das estranhas decisões de sua nova conduta é nunca mais se sentar. O pai da jovem, diretor de um dos mais influentes jornais do país, resolve então convocar conceituados especialistas para solucionar o problema da filha. Trata-se de uma farsa irresponsável, cheia de reviravoltas e criada por um dos maiores dramaturgos do teatro nacional.

O Controlador de Tráfego Aéreo

Alfândega 88 - Rio de Janeiro/RJ

Sábado (30), 22h

Grande Teatro Sesc Palladium

Gênero: teatro adulto | Classificação: livre | Duração: 70 min

Sinopse

O Controlador de Tráfego Aéreo parte da trajetória de vida de um dos atores da Cia., Silvano Monteiro, que trabalhou na Força Aérea e, após sofrer alguns revezes, tornou-se morador de rua. Composta por textos que refletem sobre a tênue linha que divide as fronteiras entre os homens, suas regras e seus valores sociais e, por fim, entre vida e morte, a peça é uma reflexão sobre a corrida que cada um de nós empreende em busca da felicidade. O espetáculo se desenrola com os sete atores e 30 espectadores, como uma espécie de versão teatral de uma roda de samba, em que os participantes são, ao mesmo tempo, espectadores e criadores artísticos.

Labirinto

Alfândega 88 - Rio de Janeiro/RJ

Domingo (31), 19h

Grande Teatro Sesc Palladium

Gênero: teatro adulto | Classificação: 14 anos | Duração: 90 min

Sinopse

Labirinto, espetáculo teatral idealizado e dirigido por Moacir Chaves, é o primeiro realizado junto à sua companhia de teatro, Alfândega 88, com textos do consagrado autor gaúcho José Joaquim de Campos Leão. Gênio visionário, o autor antevê em décadas questões formais que só encontrariam sua expressão máxima na dramaturgia que veio a ser conhecida, em meados do século 20, como Teatro do Absurdo. Sua obra antecipa questões de forte cunho humano e social, como liberdade sexual, direito ao prazer, emancipação feminina, entre várias outras que, assustadoramente, permanecem contundentes e atualíssimas.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE