Teatro

Programação de teatro e dança para o período entre 01 a 07 de novembro

- Atualizado em

› ESTREIA

Ele Não Vem pro Parabéns

Escrita por Viviane Rodrigues, do grupo Amperes, a comédia concentra-se numa noite de Natal que, de festiva, se torna angustiante quando uma esperada visita é substituída por uma desagradável surpresa (60min). Livre.

Teatro Izabela Hendrix (382 lugares). Rua da Bahia, 2020, Funcionários, ☎ 3244-7219. → Sexta e sábado, 20h; domingo, 19h. R$ 40,00. A bilheteria abre uma hora antes. Até dia 16. Estreia prometida para sexta (7).

Quem Não Casa, Não Ganha

Supervisionados por Eid Ribeiro, os diretores Fernando Bustamante e Polyana Horta levam aos palcos o seu novo musical, que critica a alta sociedade no mundo contemporâneo. Os atores-cantores são acompanhados de uma banda de jazz (90min). 12 anos.

Teatro Bradesco (613 lugares). Rua da Bahia, 2244, Lourdes, ☎ 3516-1360. → Neste sábado (1º), 21h30. R$ 70,00 (plateia 1) e R$ 50,00 (plateia 2). Bilheteria: 12h/21h (seg. a sex.); 12h/20h (sáb.); 12h/19h (dom.). Cc: todos. Cd: todos. IR.

Tratador de Estrelas

Neste drama, Plínio é um astrônomo especialista em estrelas que, de repente, precisa tomar uma decisão importante em sua vida (45min). 12 anos.

Grande Teatro - Cine Theatro Brasil Vallourec (1 000 lugares). Rua dos Carijós, 258, Centro, ☎ 3201-5211. → Neste sábado (1º), 20h30, e domingo (2), 19h. R$ 20,00. Bilheteria: 11h/21h (seg. a sáb.); 10h/19h (dom. e feriados).

Vianninha Conta o Último Combate do Homem Comum

Depois de uma vida inteira de trabalho pesado, um casamento duradouro e cinco filhos criados, Souza se encontra sem casa para morar e sem nenhum outro tipo de autonomia. O drama reflete sobre o triste cenário do idoso no Brasil (120min). 14 anos.

Grande Teatro - Cine Theatro Brasil Vallourec (1 000 lugares). Rua dos Carijós, 258, Centro, ☎ 3201-5211. → Sexta (7) e sábado (8), 21h. R$ 40,00. Bilheteria: 11h/21h (seg. a sáb.); 10h/19h (dom. e feriados).

› REESTREIA

Adultério Mora ao Lado

Um marido pega a mulher no flagra na comédia escrita por Gugu Olimecha e dirigida por Kênia Oliveira. O amante, Efigênio, é obrigado a se transformar em Fifi para enganar o esposo (75min). 12 anos. Estreou em 9/11/2012.

Teatro Sesi Holcim (115 lugares). Rua Padre Marinho, 60, Santa Efigênia, ☎ 3241-7181. → Sexta e sábado, 19h, domingo, 18h, e terça, 21h. R$ 30,00/postos Sinparc, R$ 15,00. Bilheteria: todos os dias, das 13h às 19h, e no dia do espetáculo até a hora da apresentação.

Até dia 25. Reestreia prometida para sexta (7).

Assunta Brasil

O artista multimídia Saulo Laranjeira entra em cena com personagens que exploram os traços da identidade do povo brasileiro, caso dos caipiras Zé da Silva e Geraldinho. O repertório inclui canções memoráveis da MPB, como Romaria, de Renato Teixeira, Leão do Norte, de Lenine e Paulo César Pinheiro, e Fervo, de Antônio Nóbrega. O espetáculo cênico-musical também mistura poesia e causos para prender a atenção da plateia. Direção do autor (90min). 12 anos. Estreou em 1º/2/2012.

Sala Juvenal Dias - Palácio das Artes (176 lugares). Avenida Afonso Pena, 1537, Centro, ☎ 3236-7400. → Sábado (8), 20h30. R$ 20,00. Bilheteria: 10h/21h (seg.

a sáb.); 14h/20h no domingo. Cc: M e V. Cd: M e V. IC.

› EM CARTAZ

✪✪ Adultérios e Outras Pequenas Traições

Inspirada no filme Short Cuts - Cenas da Vida (1993), de Robert Altman, a comédia de Sérgio Abritta narra seis histórias sobre infidelidade, contadas de maneira independente. Entre elas, a do marido que ama a mulher desesperadamente e faz qualquer coisa para não perdê-la e a da dona de casa que recebe misteriosas mensagens eróticas (80min). 16 anos. Estreou em 18/8/2012.

Sala Júlio Mackenzie - Sesc Palladium (76 lugares). Avenida Augusto de Lima, 420, Centro, ☎ 3270-8100. → Neste sábado (1º) e domingo (2), 20h. R$ 30,00. Bilheteria: terça a domingo, das 9h às 21h. Cc: M e V. Cd: M e V.

Amar É... uma Comédia

A chance de curtir um momento a dois na Bahia, a bordo de um barco de passeio, vai por água abaixo quando o casal Nayla Brizard e Dudu Graffite se perde em alto-mar. Isolados, eles são obrigados a pôr a vida conjugal nos eixos, discutindo desejos, ciúme, traições, divórcio, segredos, vícios, sexo e família. A comédia de Wesley Marchiori é dirigida por Marco Amaral (70min). 12 anos. Estreou em 20/10/2012.

Teatro Nossa Senhora das Dores (219 lugares). Avenida Francisco Sales, 77, Floresta, ☎ 2516-6911. Neste sábado (1°), 21h, e domingo (2), 19h. R$ 40,00/postos Sinparc, R$ 15,00. A bilheteria abre uma hora antes.

✪✪✪✪ Aventuras de Alice no País das Maravilhas

Na adaptação do texto escrito em 1865 pelo inglês Lewis Carroll (1832-1898), 55 marionetes dividem o palco com o ator Beto Militani. Fiel à tradição de incorporar novas linguagens cênicas, o grupo Giramundo - comandado por Beatriz Apocalypse, Marcos Malafaia e Ulisses Tavares - lança mão, ainda, de um boneco digital manipulado em tempo real graças à tecnologia motion capture, comum no cinema, mas rara no teatro. O teatro de bonecos também é incrementado com participações especiais. O elenco reúne o ex-mutante Arnaldo Baptista, que faz a voz do Chapeleiro Maluco, e Fernanda Takai, que dubla a pequena Alice. A cantora, aliás, faz mais do que emprestar o seu inconfundível timbre à protagonista da peça. Ela e seu marido, o músico John Ulhoa, assinam as 27 canções da trilha sonora original (75min). Livre. Estreou em 11/4/2013.

Grande Teatro - Cine Theatro Brasil Vallourec (1 000 lugares). Rua dos Carijós, 258, Centro, ☎ 3201-5211. → Neste domingo (2), 17h. R$ 40,00. Bilheteria: 11h/21h (seg. a sáb.); 10h/19h (dom. e feriados).

O Feio

A Ato Cia Cênica desembarca diretamente de Porto Alegre com a obra do alemão Marius Von Mayenburg. No palco, os atores Danuta Zaghetto, Marcelo Mertins, Paulo Roberto Farias e Rossendo Rodrigues encenam a história de Lette, que, privado do sucesso profissional por ser feio, recorre à cirurgia plástica para ganhar notoriedade. Uma sequência de acontecimentos, porém, o faz questionar sua identidade. Entre outras discussões - trabalhadas com humor pela diretora Mirah Laline -, a comédia questiona até que ponto o culto à beleza é aceito em nossa sociedade (90min). 16 anos. Estreou em 31/10/2014.

Galpão Cine Horto (200 lugares). Rua Pitangui, 3613, Horto, ☎ 3481-5580. Neste sábado (1º), 20h, e domingo (2), 19h. R$ 20,00. A bilheteria abre duas horas antes.

Samba, Amor e Malandragem

Depois de pesquisar quase 2 000 sambas, o diretor Kalluh Araújo juntou uma respeitável seleção de clássicos para contar histórias do morro sob a ótica de um "bom malandro". Encenado por atores e cantores, o musical é embalado por canções de Bezerra da Silva, Chico Buarque, Martinho da Vila, Cartola, Pixinguinha, Ary Barroso e Zé Kéti, entre outros sambistas brasileiros. As músicas são executadas em cena, ao vivo. Com referências a Dona Flor e Seus Dois Maridos, de Jorge Amado, a trama começa com a morte do malandro Vadinho e segue recriando a memória de sua vida (60min). 14 anos. Estreou em 30/12/2013.

Teatro da Cidade (173 lugares). Rua da Bahia, 1341, Centro, ☎ 3273-1050. Quinta, sexta e sábado, 20h30; domingo, 19h. R$ 40,00/postos Sinparc, R$ 15,00. Bilheteria: 14h/19h (ter. e qua.); a partir das 14h (qui. e sex.); a partir das 16h (sáb. e dom.). Até 14 de dezembro.

› DANÇA

FID - Fórum Internacional de Dança

Criado em 1996 para disseminar a dança contemporânea, o projeto idealizado pela bailarina e coreógrafa Adriana Banana cresceu e tomou corpo: em 2001, mudou de nome (antes era Festival Internacional de Dança) e transformou-se numa ferramenta capaz de mobilizar, de fato, os profissionais e o público apreciador do gênero. A programação — que atualmente se desdobra por todo o ano -, além de mais extensa, é caprichada, tanto no que diz respeito às discussões quanto no que diz respeito aos espetáculos. Até domingo (9), aparecem por aqui artistas da Bélgica, da França, da Suíça, do Uruguai e de outros cantos do país.

Até domingo (9), em vários lugares. R$ 6,00. Confira a programação completa no site www.fid.com.br.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE