Teatro

Programação de teatro e dança para o período entre 20 a 26 de setembro

- Atualizado em

› ESTREIAS

Fábrica de Cimento

Dirigido por Lenine Martins, o drama que marca a estreia do Grupo Dissidência de Teatro acompanha a transformação na vida de um escritor quando ele recebe a notícia da chegada de um filho (50min). 16 anos.

Funarte (100 lugares). Rua Januária, 68, Floresta, ☎ 3213-3084. Quinta (25), sexta (26) e sábado (27), 20h, e domingo (28), 19h. R$ 10,00. A bilheteria abre uma hora antes. Cc: M e V. Cd: M e V.

Milton Nascimento - Nada Será como Antes

Para celebrar meio século de carreira e 70 anos de vida do cantor carioca - mineiro desde que foi adotado e se mudou com a família para Três Pontas, no sul do estado -, a dupla de diretores Charles Möeller e Claudio Botelho criou um musical à altura do homenageado. Amparado por um cenário que remete às tradicionais e opulentas moradas de roça, o elenco formado por cantores e instrumentistas entoa uma vasta lista de clássicos. Entre eles, Bola de Meia, Bola de Gude, Um Girassol da Cor do Seu Cabelo, Cais, Caçador de Mim, Encontros e Despedidas e Fé Cega, Faca Amolada (90min). 18 anos.

Palácio das Artes - Grande Teatro (1 705 lugares). Avenida Afonso Pena, 1537, Centro, ☎ 3236-7400. → Neste sábado (20), 20h, e domingo (21), 19h. R$ 50,00 a R$ 90,00. Bilheteria: 10h/21h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom.). Cc: M e V. Cd: M e V. IC;

Praça Tiradentes, s/nº, Centro, Ouro Preto (a 96 quilômetros de Belo Horizonte). Sábado (27), 20h. Grátis.

› REESTREIA

Como Sobreviver em Festas e Recepções com Buffet Escasso

Na adaptação da obra de Ângelo Machado, o protagonista, Carlos Nunes, narra fatos típicos em ambientes de festa e ensina alguns truques para que a plateia não passe por situações desagradáveis ou constrangedoras. Quem dirige a comédia é Ênio Reis (95min). 12 anos. Estreou em 23/6/2000.

Teatro Francisco Nunes (543 lugares). Avenida Afonso Pena, s/nº, Parque Municipal, Centro, ☎ 3277-6325. → Quinta (25) e sexta (26), 21h. R$ 40,00/postos Sinparc, R$ 15,00. A bilheteria abre duas horas antes.

› EM CARTAZ

✪✪✪ Acredite, um Espírito Baixou em Mim

Ilvio Amaral e Maurício Canguçu voltam ao cartaz com a divertida comédia sobre Lolô e Vicente, escrita por Ronaldo Ciambroni e dirigida por Sandra Pêra. O primeiro, homossexual assumido, morre durante um acidente de carro. Sem acreditar na própria morte, ele se nega a ficar no céu e retorna à Terra. Aos poucos, vai descobrindo seus poderes e fazendo uma série de trapalhadas, até encarnar em um machista noivo de uma perua ciumenta. A dupla personalidade do noivo - no caso, Vicente - abalará o romance e ainda revelar a homossexualidade de seu cunhado (80min). 12 anos. Estreou em 30/7/1998.

Teatro Alterosa (320 lugares). Avenida Assis Chateaubriand, 499, Floresta, ☎ 3237-6611. → Terça e quarta, 20h. R$ 40,00/postos Sinparc, R$ 15,00. Bilheteria: terça a domingo, das 12h às 19h30, e no dia do espetáculo, até a hora da apresentação. Até dia 30.

✪✪✪✪ Aqueles Dois

Inspirado no conto homônimo de Caio Fernando Abreu (1948-1996), o drama da companhia Luna Lunera apresenta a história de dois funcionários de uma repartição burocrática, Raul e Saul, que, entre um cafezinho e outro, acabam desenvolvendo laços de cumplicidade. Não há um personagem para cada ator. Cláudio Dias, Guilherme Théo, Marcelo Souza Silva e Odilon Esteves interpretam ambos. Com exceção de Théo, todos eles assinam a criação e a direção da peça, ao lado de Zé Walter Albinati (90min). 16 anos. Estreou em 16/11/2007.

Teatro João Ceschiatti - Palácio das Artes (148 lugares). Avenida Afonso Pena, 1537, Centro, ☎ 3236-7400. → Sexta, 21h; sábado e domingo, 19h. R$ 30,00. Cc: M e V. Cd: M e V. Bilheteria: 10h/21h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom.). IC. Até 12 de outubro.

O Assalto

Um bancário e um faxineiro abrem mão de sua moral e dignidade num embate que será levado até as últimas consequências. O drama é dirigido por Fernando Couto e Rafael Zanon (60min). 16 anos. Estreou em 9/9/2014.

Teatro Sesi Holcim (115 lugares). Rua Padre Marinho, 60, Santa Efigênia, ☎ 3241-7181. → Terça, quarta e quinta, 20h30. R$ 40,00/postos Sinparc, R$ 15,00. Bilheteria: todos os dias, das 13h às 19h, e no dia do espetáculo até a hora da apresentação. Até 2 de outubro.

Cara Preta

No drama que comemora os dez anos da Maldita Cia. de Investigação Teatral, a plateia tem acesso a fragmentos, retratos e narrativas sociais que exploram os conflitos humanos relacionados à sobrevivência e criminalidade. Direção de Amaury Borges e interpretação de Lenine Martins (55min). 18 anos. Estreou em 18/9/2014.

Mercado das Borboletas (40 lugares). Avenida Olegário Maciel, 742, 3º andar, Centro, ☎ 9912-0768. Neste sábado (20) e domingo (21), 21h. Os ingressos serão trocados por 1 quilo de alimento não perecível.

100 Dicas para Arranjar Namorado

Baseado no livro homônimo da atriz Daniele Valente, a comédia, dirigida por Eduardo Figueiredo, reúne Ricardo Martins e Babi Xavier, que dá dicas claras e objetivas para as solteiras conseguirem um namorado (75min). 12 anos. Estreou em 19/9/2014.

Teatro Alterosa (320 lugares). Avenida Assis Chateaubriand, 499, Floresta, ☎ 3237-6611. → Neste sábado (20), 21h, e domingo (21), 19h. R$ 60,00. Bilheteria: terça a domingo, de 12h às 19h30, e no dia do espetáculo até a hora da apresentação.

✪✪✪ Rose, a Doméstica do Brasil

Depois de fazer sucesso na internet como a doméstica dos gays — sua versão de Halo, da consagrada cantora pop Beyoncé, tem mais de 1 milhão de visualizações —, a personagem criada por Lindsay Paulino sobe aos palcos para contar a sua história antes da fama. Mineiro de Montes Claros, o ator trabalhou com importantes diretores (como Eid Ribeiro e Fernando Bustamante) antes de se transformar na especialista em faxina gay cujo ídolo é o cantor Amado Batista. Os textos da comédia são inspirados em sua infância, em sua família, nos amigos e vizinhos. A direção é de Adriana Soares (60min). 12 anos. Estreou em 15/11/2013.

Teatro Nossa Senhora das Dores (219 lugares). Avenida Francisco Sales, 77, Floresta, ☎ 3226-9459 e 2516-6911. Sexta e sábado, 21h; domingo, 19h. R$ 40,00/postos Sinparc, R$ 15,00. A bilheteria abre uma hora antes. Até 12 de outubro.

Saudade

O espetáculo de rua do Grupo Teatro Público é encenado por personagens mascarados que, desde março, vêm ocupando as ruas do bairro Saudade. A história de Zenóbio de Andrade Reis Boaventura, que desapareceu enquanto era transportado para seu velório, é contada com música ao vivo (180min). Livre. Estreou em 2/8/2014.

Cemitério da Saudade. Rua Cametá, 585, Saudade. Sábado (20 e 27), 16h30. Grátis.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE