Teatro

Programação de teatro e dança para o período entre 31 de maio a 06 de junho

- Atualizado em

ESTREIAS

E Aí, Comeu?

Após arrastar 2,5 milhões de espectadores para as salas de cinema, em 2012, a comédia escrita por Marcelo Rubens Paiva ganhou sua segunda versão teatral, treze anos após a estreia nos palcos. Desta vez, a história de um grupo de amigos que se reúne em um bar para contar suas aventuras amorosas é protagonizada por Marcos Pasquim, Mouhamed Harfouch e Renato Rabelo. Leona Cavalli fica a cargo de interpretar as sete mulheres da trama. O enredo é amparado por tiradas engraçadas que perfilam os diversos tipos masculinos e femininos existentes na sociedade (90min). 16 anos.

Grande Teatro - Cine Theatro Brasil Vallourec (1 000 lugares). Rua dos Carijós, 258, Centro, ☎ 3222-4389. Neste Sábado (31) e domingo (1º), 21h. R$ 60,00. Bilheteria: 11h/21h (seg. a sáb.); 10h/19h (dom. e feriados).

E Se Elas Fossem para Moscou?

Livremente inspirada no clássico As Três Irmãs, de Anton Tchekov, a montagem escrita e dirigida por Christiane Jatahy evidencia uma nova e ousada proposta. No palco, câmeras estratégicas registram imagens que são manipuladas em tempo real pela diretora, dando vida a um longa exibido na sala ao lado, ao mesmo tempo (100min). 18 anos.

Galpão Cine Horto (200 lugares). Rua Pitangui, 3613, Horto, ☎ 3481-5580. Sexta (6), 21h, sábado (7), 19h e 21h30, e domingo (8), 20h. R$ 20,00. A bilheteria abre duas horas antes do espetáculo.

REESTREIAS

Meu Passado Não Me Condena

Para o grande público, foi em Toma Lá Dá Cá, o seriado da Rede Globo, que a atriz Fernanda Souza mostrou que consegue se dar bem no humor. Apesar de abusar de caricaturas, a personagem rendia boas risadas. Antes, foi a novelinha Chiquititas, do SBT, que a catapultou à fama nacional. Atualmente, ela voltou a esse universo cômico ao interpretar Bernadete no seriado juvenil Malhação, também da Globo. No espetáculo, ela revela os bastidores de sua vida artística e narra, inclusive, perrengues de quando era menos conhecida. A ideia de contar tais banalidades surgiu depois que ela viu algo parecido encenado pelo ator Marcelo Serrado (75min). Estreou em 2/10/2013.

Grande Teatro - Cine Theatro Brasil Vallourec (1 000 lugares). Rua dos Carijós, 258, Centro, ☎ 3222-4389. Sábado (7), 21h, e domingo (8), 19h. R$ 100,00. Bilheteria: 11h/21h (seg. a sáb.); 10h/19h(dom. e feriados).

Neuróticos Não Anônimos

Criada pelo GMT (Grupo Mineiro de Teatro), a comédia mostra dilemas da atualidade enfrentados por personagens como Romeu e Julieta, Branca de Neve e Cleópatra, que buscam ajuda no divã do doutor Zito Black, um psiquiatra completamente desequilibrado. O texto é de Ramon da Matta (80min). 14 anos. Estreou em 1°/6/2013.

Teatro Sesi Holcim (115 lugares). Rua Padre Marinho, 60, Santa Efigênia, ☎ 3241-7181. Sexta (6) e sábado (7), 21h, e domingo (8), 20h. R$ 24,00. Bilheteria: todos os dias, das 13h às 19h, e no dia do espetáculo até a hora da apresentação.

EM CARTAZ

Amor de Salto Alto

Guilherme Colina dirige Bernard Bravo e Verônica Tannure, a Sandra, que faz as vezes de porta-voz da mulher atual, com todos os seus medos, desejos, anseios, vontades e frustrações. Enquanto critica a ditadura da beleza, a personagem da comédia romântica revela aos homens, de forma leve e bem-humorada, os mais íntimos segredos do universo feminino (75min). 12 anos. Estreou em 24/8/2013.

Teatro Sesi Holcim (115 lugares). Rua Padre Marinho, 60, Santa Efigênia, ☎ 3241-7181. Neste sábado (31), 21h, e domingo (1°), 20h. R$ 30,00. Bilheteria: todos os dias, das 13h às 19h, e no dia do espetáculo até a hora da apresentação.

#140 ou Vão

Na contramão de sua última montagem, 180 Dias de Inverno - que levou aos palcos uma densa história de amor inspirada em conto de Nuno Ramos -, a Cia. Afeta estreia esta comédia dramática. Escrito pelo carioca Felipe Rocha, que ganhou o Prêmio Shell 2011 por Ninguém Falou que Seria Fácil, o espetáculo narra o relacionamento de um jovem casal. Um intenso e rápido romance que, como seus protagonistas, nasceu e foi criado durante a revolução digital. Videoarte e música experimental incrementam a trama, que será exibida neste domingo (1º), às 19h, com audiodescrição, em closed caption e Língua Brasileira de Sinais (Libras), para atender as pessoas com deficiência. A apresentação especial integra o projeto Teatro para Ver Mesmo sem Enxergar, para Ouvir Mesmo sem Escutar (50min). 14 anos. Estreou em 30/5/2014.

Teatro Oi Futuro Klauss Vianna (329 lugares). Avenida Afonso Pena, 4001, Mangabeiras, ☎ 3223-6756. Quinta a sábado, 21h; domingo, 19h. R$ 10,00. Bilheteria: 15h às 21h (terça a sábado); 13h às 19h (domingo). Cd: todos. Cc: todos. Até domingo (8).

O que Você Foi Quando Era Criança?

O circo chega ao fim e um palhaço segue caminho em busca de emprego. Esse é o ponto de partida para um drama que se desenvolve com base em frágeis relações, reveladas em torno de uma reflexão sobre a existência humana, com pinceladas de crítica e sarcasmo. Uma abordagem típica do autor, Lourenço Mutarelli, que escreveu, entre outros grandes títulos, O Cheiro do Ralo e O Natimorto. A direção é de Rita Clemente (65min). 14 anos. Estreou em 28/5/2014.

Centro Cultural Banco do Brasil - Sala Multiuso (100 lugares). Praça da Liberdade, 450, Funcionários, ☎ 3431-9400. Quarta a segunda, 20h. R$ 10,00. Bilheteria: 9h às 21h (qua. a seg.). Até dia 9.

✪✪ Confissões das Mulheres de Quarenta

Quatro amigas atrizes quarentonas se reúnem para escrever uma peça teatral. Enquanto o espetáculo é produzido, elas são obrigadas a confrontar os próprios problemas e as angústias que surgem com a idade. Nada é muito surpreendente na comédia de Clarice Niskier e Domingos de Oliveira, que se esforça para ir além, mas acaba caindo na armadilha dos clichês. Direção de Ilvio Amaral e Maurício Canguçu (70min). 10 anos. Estreou em 20/4/2012.

Grande Teatro - Cine Theatro Brasil Vallourec (1 000 lugares). Rua dos Carijós, 258, Centro, ☎ 3222-4389. Neste sábado (31), 21h, e domingo (1°), 19h. R$ 30,00. Bilheteria: 11h/21h (seg. a sáb.); 10h/19h (dom. e feriados).

✪✪ Tudo o que Você Sempre Quis Saber sobre Sexo, Está na Hora de Perguntar

Inspirado na canadense Sue Johanson, popularmente conhecida como vovó do sexo na televisão, o humorista Renato Millani encarna uma vovozinha muito bem resolvida e fissurada em sexo nesta comédia. Recém-enviuvada após um casamento satisfatório com o vovô, a velhinha sente a necessidade de passar adiante os seus conhecimentos, e faz isso tecendo novas interpretações para as histórias de Adão e Eva e Chapeuzinho Vermelho. Todo o universo sexual tem lugar nas piadinhas (70min). 16 anos. Estreou em 24/4/2009.

Teatro Nossa Senhora das Dores (219 lugares). Avenida Francisco Sales, 77, Floresta, ☎ 3226-9459. Sexta e sábado, 21h; domingo, 19h30. R$ 30,00/postos Sinparc, R$ 12,00. A bilheteria abre uma hora antes. Até domingo (8).

DANÇA

Grupo de Dança Primeiro Ato

A habilidade de lidar com a instabilidade é o mote do novo espetáculo da companhia, InstHabilidade, com direção de Suely Machado e Alex Dias (60min). Livre.

Teatro Bradesco (613 lugares). Rua da Bahia, 2244, Lourdes, ☎ 3516-1360. Neste sábado (31), 21h, e domingo (1°), 20h. R$ 30,00. Bilheteria: 12h/21h (seg. a sex.); 12h/20h (sáb.); 12h/19h (dom.). Cc: todos. Cd: todos. IR.

Quasar Cia. De Dança

No Singular, a nova montagem do grupo goianiense, reflete sobre as interações humanas em um mundo cada vez mais veloz. Direção de Henrique Rodovalho (70min). Livre.

Grande Teatro - Sesc Palladium (1 321 lugares). Rua Rio de Janeiro, 1046, Centro, ☎ 3270-8100. Neste sábado (31), 21h, e domingo (1°), 20h. R$ 20,00. Bilheteria: 9h/21h (ter. a dom.). Cc: M e V. Cd: M e V. IC.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE