Teatro

Programação de teatro para os dias 16 a 22 de junho

Por: Isabella Grossi - Atualizado em

Cotações | Péssimo ← | Fraco ✪ | Regular ✪✪ | Bom ✪✪✪ | Muito bom ✪✪✪✪ | Excelente ✪✪✪✪✪

Daniela Amaral
(Foto: Redação VejaBH)

ESTREIA EMMAUS, de Lorenzo Cognatti. A batalha entre a vida e a morte norteia este drama do grupo italiano Jobel de Teatro, formado por artistas envolvidos na produção, formação e promoção da linguagem cênica daquele país. O espetáculo tem como ponto de partida a história dos discípulos de Emaús relatada no Evangelho de São Lucas. Poucos dias depois da morte de Jesus, em uma estrada empoeirada que liga Jerusalém à aldeia vizinha de Emaús, dois discípulos de Cristo caminham. Seus discursos sobre o fim inesperado e terrível de seu mestre são amargos e sem esperança. Tudo muda quando encontram um misterioso estrangeiro. Direção do autor (90min). 12 anos. Espaço Multiuso do Sesc Palladium (100 lugares). Avenida Augusto de Lima, 420, Centro, ☎ 3214-5355. → Sexta, 21h. R$ 20,00. Bilheteria: 9h/21h (ter. a dom.). Cc: M e V. Cd: M e V. IC. Apresentação única na sexta (22).

IRMÃOS SIAMESES OU EU E TU, TU E EU, adaptação livre de Fernando Limoeiro para o conto de Tristan Bernard. Numa época em que o ser humano é visto como produto em série, com os mesmos desejos, a mesma forma de agir e conexões semelhantes, a tragicomédia propõe uma reflexão sobre o respeito às diferenças. No palco, a Verbo Cia de Teatro retrata a história da Família Zoffáni, que há 25 anos encena o melodrama Os Irmãos Siameses ou Eu e Tu, Tu e Eu. Faz uso de iguais para evidenciar o que difere as pessoas. Direção de Antônio Rodrigues (100min). 14 anos. Teatro Icbeu (250 lugares). 16 anos. Rua da Bahia, 1723, Lourdes, ☎ 3224-5605. → Sexta e sábado, 20h30; domingo, 19h30. R$ 20,00. A bilheteria abre uma hora antes. IC. Até 15 de julho. Estreia prometida para sexta (22).

L'INFERNO SECONDO ME, de Lorenzo Cognatti. Inspirado em A Divina Comédia, de Dante Alighieri, o monólogo do grupo italiano Jobel de Teatro alterna interlúdios cômicos, músicas e declamações das canções mais famosas do grande poeta italiano. Em cena, a atriz Marinella Montanari interage com paisagens surreais e figuras pitorescas. Direção do autor (75min). 12 anos. Espaço Multiuso do Sesc Palladium (100 lugares). Avenida Augusto de Lima, 420, Centro, ☎ 3214-5355. → Quinta, 21h. R$ 20,00. Bilheteria: 9h/21h (ter. a dom.). Cc: M e V. Cd: M e V. IC. Apresentação única na quinta (21). Espetáculo com legendas.

O PROIBIDÃO DO STAND UP. Tudo é permitido no stand-up comandado por Alexandre Frota. A apresentação é marcada pela repercussão, politicamente incorreta, de assuntos ligados ao cotidiano. Além das clássicas piadas de português e loira, o humorista faz graça com sexualidade, etnia e religião. O show tem a participação dos humoristas Fábio Gueré e Nil Agra, ambos integrantes fixos do elenco, e dos convidados especiais Fabiano Cambota, comediante e vocalista do grupo Pedra Letícia, e Bruno Berg, do projeto mineiro Queijo Comédia e Cachaça (120min). 18 anos. Teatro Izabela Hendrix (382 lugares). Rua da Bahia, 2020, Funcionários, ☎ 3244-7219. → Quinta, 21h. R$ 80,00. A bilheteria abre uma hora antes do espetáculo. IR. Apresentação única na quinta (21).

A VERGONHA ALHEIA. No stand-up de Rafael Mazzi, temas como internet, casamento, filhos, música e vida de solteiro são abordados sob o ponto de vista da vergonha. Com uma linguagem lúdica, cômica e provocativa, o espectador é conduzido a reconhecer-se em cena e rir de si mesmo. Mazzi é um dos fundadores da comédia stand-up em Minas Gerais e já integrou o elenco de Tom Cavalcante no programa Show do Tom, na Rede Record (55min). 14 anos. Teatro Sesi Holcim (115 lugares). Rua Padre Marinho, 60, Santa Efigênia, ☎ 3241-7181. → Sábado (16), 19h. R$ 40,00. Bilheteria: todos os dias, das 13h às 19h. Teatro da Assembleia (145 lugares). Rua Rodrigues Caldas, 30, Santo Agostinho, ☎ 2108-7826. → Sexta (22), 12h. Grátis.

REESTREIA PROIBIDO PARA MAIORES, de Hudsonn Moreira. Comédia. Hudsonn Moreira e Bianca Tocafundo interpretam um jovem casal apaixonado que fica preso no banheiro do próprio apartamento em uma sexta-feira de lua cheia. A situação os une e distancia, enquanto intimidades, medos e segredos são revelados. A comédia retrata o amor e o ódio do par, que divide com a plateia momentos engraçados de apuros. Direção de Érica Lima (60min). 12 anos. Estreou em 27/04/2012. Teatro Sesi Holcim (115 lugares). Rua Padre Marinho, 60, Santa Efigênia, ☎ 3241-7181. → Sexta e sábado, 21h; domingo, 19h. R$ 24,00. Bilheteria: todos os dias, das 13h às 19h, e no dia do espetáculo até a hora da apresentação. Até 1° de julho. Reestreia prometida para sexta (22).

EM CARTAZ

FILÓ DÁ EMPREGO.COM. Filó ficou conhecida nacionalmente como a hilária empregada cheia de atrevimento com os patrões. A personagem criada por Gorete Milagres completa dezoito anos e a atriz encena esta comédia em forma de celebração. Desta vez, a trama se debruça sobre a dificuldade atual em conseguir uma empregada doméstica. A demanda virou filão de mercado para Filó, que abriu a agência "Filódáemprego.com". Direção de Eliane Fonseca (80min). Livre. Estreou em 1º/6/2012. Casa de Cultura Josephina Bento (3 000 lugares). Rua Padre Osório Braga, 18, Centro, Betim, ☎ 3532-2911. Sábado, 20h. Grátis. Apresentação única neste sábado (16).

✪✪ A LOJA - COMO ENCANTAR SEU CLIENTE. No palco desta comédia, Emília Marcilio, Messias Rodrigues, Bruno Felix e Guilherme Oliveira recriam, de maneira descontraída, as técnicas de vendas praticadas no comércio. A peça foi criada para treinar e qualificar os profissionais da área, o que torna empresários, gerentes e vendedores o público-alvo. Com essa proposta, o humor convence. Direção de Marco Amaral (60min). Livre. Estreou em 13/4/2012. Teatro da Maçonaria (282 lugares). Avenida Brasil, 478, Santa Efigênia, ☎ 3213-4959. Quarta, 20h30. R$ 30,00 / Postos Sinparc R$ 12,00. A bilheteria abre uma hora antes do espetáculo. Até dia 27.

✪✪✪✪ MORTE E VIDA SEVERINA, de João Cabral de Melo Neto. O retirante Severino, interpretado por Tiago Colombini no musical, é um nordestino desesperançado. Acometido pelas secas e pelas precárias e insustentáveis condições de vida do sertão paraibano, ele parte em direção ao litoral em busca da sobrevivência. Lançada pelo Teatro da Universidade Católica de São Paulo (Tuca), em 1965, e consagrada no Festival de Nancy, na França, a peça inspirada no Auto de Natal de João Cabral de Melo Neto ganha nova roupagem nas mãos de Pedro Paulo Cava, um dos diretores mais expressivos do teatro mineiro (90min). 12 anos. Estreou em 28/9/2011. Teatro da Cidade (173 lugares). Rua da Bahia, 1341, Centro, ☎ 3273-1050. Quinta a sábado, 20h30; domingo, 19h. R$ 30,00 (qui. e sex.) e R$ 40,00 (sáb. e dom.). Antecipado, R$ 12,00. Postos Sinparc, R$ 12,00 (qui. e sex.) e R$ 15,00 (sáb. e dom.). Bilheteria: 14h/19h (ter. e qua.); a partir das 14h (qui. e sex.); a partir das 16h (sáb. e dom.). Até 29 de julho.

SE TODOS OS HOMENS SÃO IGUAIS, POR QUE AS MULHERES ESCOLHEM TANTO?, de Wesley Marchiori. A busca pelo amor é o tema central desta comédia. No palco, Caio Fernandes vive Mércia, uma mulher entusiasmada com a possibilidade de encontrar o homem da sua vida. Prestes a sair para um encontro, ela relembra histórias de seus antigos relacionamentos, revivendo alegrias, decepções, descobertas e situações hilárias. O espetáculo pretende colocar em evidência uma mulher madura e moderna, sem medo de viver plenamente. Direção de Amauri Reis (60min). 14 anos. Estreou em 19/8/2011. Teatro Santo Agostinho (368 lugares). Rua Aimorés, 2679, Santo Agostinho, ☎ 2125-6810. → Sábado, 21h; domingo, 19h. R$ 30,00 / Postos Sinparc, R$ 12,00. Até este domingo (17).

A VIRGEM DE 40 - AGORA OU NUNCA, de Aziz Bajur. A sonhadora Norma, interpretada por Jaqueline Mello, esperou a vida toda por seu príncipe encantado, que nunca apareceu. Frustrada, ela contrata um garoto de programa para festejar o seu 40º aniversário. A tão esperada perda da virgindade transforma-se em uma tremenda confusão nesta comédia, com tiradas tão românticas quanto engraçadas. Direção de Marco Amaral (75min). 14 anos. Estreou em 23/11/2007. Teatro Icbeu (250 lugares). Rua da Bahia, 1723, Lourdes, ☎ 3224-5605. → Sexta e sábado, 21h; domingo, 19h30. R$ 30,00 / Postos Sinparc, R$ 12,00. A bilheteria abre uma hora antes. Até este domingo (17).

DANÇA FLAMENCO. Quatro integrantes da Cia. Pátio Espanhol apresentam trechos do espetáculo Cuadros Flamencos no El Dia E, que comemora o Dia do Espanhol. Nesta montagem, diferentes ritmos revelam os dois principais sentimentos da dança flamenca: a alegria e a tristeza. O El Dia E ocorre simultaneamente em 79 cidades de 45 países (40min). Livre. Instituto Cervantes. Praça Milton Campos, 16, Serra, 3789-1600. Sábado (23), 17h30. Grátis.

ÍCARO CIA DE DANÇA. Os bailarinos encenam catorze canções de Elis Regina, com uma variação de coreografias provocada por ritmos de piano ou base de percussão, entre outras batidas. A trilha sonora de Fascinação revela compositores que marcaram a carreira da intérprete brasileira, como Chico Buarque e Milton Nascimento. Direção de Glauco Fernando (50min). Livre. Teatro Alterosa (320 lugares). Avenida Assis Chateaubriand, 499, Floresta, ☎ 3237-6611. → Sábado, 19h e 21h; domingo, 19h. R$ 20,00. Bilheteria: terça a domingo, das 12h às 19h30, e no dia do espetáculo até a hora da apresentação. Até este domingo (17).

QUIK CIA DE DANÇA. A companhia mistura teatro, imagem e performance num espetáculo criado para interagir com as realidades locais. A partir de improvisações, os bailarinos dialogam com o público e as características do local de apresentação. Ressonâncias integra a programação do FIT-BH, que termina no domingo (24) (50min). Livre. Parque das Águas Roberto Burle Marx. Avenida Ximango, 809, Flávio Marques Lisboa, Barreio de Cima. Neste domingo (17), 10h. Praça Comendador Negrão de Lima, s/n°, Floresta. Sexta (22), 16h. Parque Municipal. Avenida Afonso Pena, 1377, Centro. Sábado (23), 16h. Grátis.

Fonte: VEJA BELO HORIZONTE