Shows

Programação de shows para os dias 15 a 21 de setembro

por Rafael Rocha | 14/09/2012 19:57

Divulgação
Morten Harket: líder do A-Ha, o músico norueguês se apresenta no Chevrolet Hall no domingo (23)

AQUI JAZZ. Conhecida pela bela performance junto ao quarteto Lyrical Jazz, a cantora lírica Rita Medeiros participa do evento ao lado do quinteto Take Five. Além de clássicos do jazz e da música internacional, o repertório é composto de canções da música popular brasileira. Summertime (George Gershwin & Ira Gershwin), Take Five (Dave Brubeck), Influência do Jazz (Carlos Lyra), Chega de Saudade (Tom Jobim) e But Not for Me (George Gershwin & Ira Gershwin) são apenas algumas delas. Livre. Praça do Papa. Praça Israel Pinheiro, s/nº, Mangabeiras. Neste domingo (16), 11h. Grátis.

ARENA POP. Axé, pagode, sertanejo e uma leve pitada de samba compõem o evento, que tem duração de dois dias. As atrações do primeiro são João Neto e Frederico, Tuca Fernandes e o grupo Revelação. No dia seguinte, é a vez de Sorriso Maroto, Banda Eva e Bom Gosto. O espaço — dividido em pista, camarote simples e camarote open bar — promete conforto ao público presente. 16 anos. Arena Expominas (6 000 pessoas). Avenida Amazonas, 6030, Gameleira, ☎ 3284-7447. Neste sábado (15) e domingo (16), a partir das 16h. R$ 120,00 a R$ 400,00. Ingressos à venda no estande do Folia (piso GG do Shopping Cidade) ou no site www.blueticket.com.br.

BIG BAND PALÁCIO DAS ARTES. Com regência do maestro e arranjador cubano Nestor Lombida, o conjunto musical se apresenta no Palácio das Artes com repertório diverso, que engloba de músicas nacionais a sucessos do jazz. O grupo existe há cinco anos e é uma iniciativa da Escola de Música do Centro de Formação Artística da Fundação Clóvis Salgado (Cefar). Livre. Grande Teatro do Palácio das Artes (1 705 pessoas). Avenida Afonso Pena, 1537, Centro, ☎ 3236-7400. Segunda (17), 20h30. R$ 10,00. Bilheteria: 10h/21h (seg. a sáb.); 14h/20h no domingo. Cc: M e V. Cd: M e V. IC. www.fcs.mg.gov.br.

CAUBY PEIXOTO. Lá se foram doze anos desde que ele se apresentou pela última vez por aqui. Aos 81 anos (idade não confirmada), ele continua espalhafatoso no modo de se vestir, suave ao gesticular e inconfundível na vigorosa voz. São mais de seis décadas de carreira, iniciada aos 16 anos por influência familiar. Seu sucesso no passado foi retumbante. Virou sensação da Rádio Nacional na década de 50 e deixava moças de família com o peito arfante. Mas o êxito do passado ainda ecoa. Em março, ele faturou o Grande Prêmio da Crítica da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA). Três meses depois, foi escolhido o melhor cantor popular no Prêmio da Música Brasileira 2012. No show que promove no Palácio das Artes ele será acompanhado apenas pelo violão de Ronaldo Rayol. Canta sucessos como Conceição e Bastidores, além de músicas de Chico Buarque, Edu Lobo, Caetano Veloso e Gonzaguinha. 16 anos. Grande Teatro do Palácio das Artes (1 705 pessoas). Avenida Afonso Pena, 1537, Centro, ☎ 3236-7400. Neste sábado (15), 21h. R$ 110,00 a R$ 150,00. Bilheteria: 10h/21h (seg. a sáb.); 14h/20h no domingo. Cc: M e V. Cd: M e V. IC. www.fcs.mg.gov.br.

CÉSAR MENOTTI & FABIANO. Anjo, Leilão, Ciumenta, Bandido do Amor são alguns dos hits dessa dupla considerada precursora do estilo sertanejo universitário. Desde 2005 eles frequentam as paradas de sucesso, quando Palavras de Amor se tornou o CD mais vendido daquele ano. Já conquistaram um Grammy Latino, na categoria melhor álbum de música romântica, em 2009. Recentemente gravaram seu terceiro DVD no Morro da Urca, no Rio de Janeiro, que deve ser lançado nos próximos meses em comemoração aos dez anos de carreira. 16 anos. Chevrolet Hall (5 500 lugares). Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230, Savassi, ☎ 3209-8989. Sexta (21), 23h; R$ 80,00 a R$ 400,00. Bilheteria: 12h/20h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom. e feriados). Cc: todos. Cd: M e V . TF. www.chevrolethallbh.com.br.

FESTIVAL MAMUTE. Em sua segunda edição, o festival é parte do calendário do Circuito Mineiro de Festivais Independentes. Em três dias de duração, a proposta é reunir treze shows, cinco oficinas, exposições fotográficas e literárias, performances teatrais e instalações. Macaco Bong e Rapadura (CE) são algumas das bandas participantes. Livre. Iate Clube de Lagoa Santa. Avenida Getúlio Vargas, s/nº, orla da Lagoa, Lagoa Santa, ☎ 9274-9908. Até este domingo (16), a partir das 20h. Grátis. www.circuitomineiro.org/festivalmamute.

HUMBERTO JUNQUEIRA. Mestre em performance musical pela UFMG, o instrumentista, compositor e arranjador promove lançamento do disco Latina Levada, seu primeiro trabalho-solo. Trata-se de um álbum instrumental de alto nível, que resume a atividade de pesquisa em gêneros musicais brasileiros e latino-americanos exercida há tempos pelo artista. Composto de doze faixas, o disco apresenta composições de autoria de Junqueira e arranjos de peças de grandes autores, entre eles Astor Piazzolla, Noel Rosa, Radamés Gnatalli e Ernesto Nazareth. Ao comprar o ingresso, o público presente ganha um exemplar do disco. 18 anos. Sala Sergio Magnani — Fundação de Educação Artística (200 lugares). Rua Gonçalves Dias, 320, Funcionários, ☎ 3279-1448. Quinta (20), 11h. R$ 15,00. www.feabh.org.br.

JEFF SCOTT SOTO. O vocalista americano volta ao Brasil para divulgar seu mais recente álbum, Damage Control. Jeff já passou por alguns grupos, como Journey e Talisman. No início dos anos 80, foi apresentado ao mundo da música pelo consagrado guitarrista sueco Yngwie Malmsteen, que procurava alguém para os vocais em sua recém-formada banda, Rising Force. Sua carreira inclui ainda participações em tributos oficiais a bandas como Iron Maiden, Van Halen e Ozzy Osbourne. 18 anos. Circus Rock Bar (400 pessoas). Rua Gonçalves Dias, 2010, Lourdes. ☎ 3223-0090. Domingo (23), a partir das 21h. R$ 40,00 (mulheres) e R$ 60,00 (homens). Cc: M e V. Cd: M e V. www.circusrockbar.com.br.

JUAREZ MOREIRA. São onze CDs gravados e apresentações de sucesso em vários países. Referência na música instrumental e autor de clássicos como Diamantina, Baião Barroco e Valsa para Maria, o violonista lança seu primeiro DVD, intitulado Juarez Moreira ao Vivo. O trabalho foi gravado em março de 2011 no Palácio das Artes e conta, em sua maioria, com canções de autoria própria. Livre. Museu de Artes e Ofícios (300 pessoas). Praça Rui Barbosa (Praça da Estação), s/nº, Centro, ☎ 3248-8600. Segunda (17), 19h. Grátis. www.juarezmoreira.com.br.

MARIA BRAGANÇA. A saxofonista e compositora participa do programa Chorando Jazz. Além dela, aparecem os músicos Igor Neves da Hora no piano, Fred Selva na percussão e Samy Erik na guitarra. O grupo executa um programa que pretende criar pontes entre a linguagem do clássico, do popular e do jazz, interpretando compositores brasileiros como Pixinguinha, Hermeto Pascoal, Egberto Gismonti, além de composições próprias. Livre. Museu Paulo Araújo Gontijo. Avenida Governador Valadares, 105, Centro, Betim. Neste sábado (15), 11h. Grátis.

MIRABAI CEBA. Depois de seis meses de apresentações na Europa e na América do Norte, o duo volta ao Brasil para um único concerto na capital mineira. O espetáculo faz parte do álbum Awakened Earth, que mescla mantras de tradição indiana, sons das culturas indígenas americanas e palavras de sabedoria de grandes mestres como Rumi, Khalil Gibran, Guru Nanak e Yogi Bhajan. A dupla é formada pelo músico alemão Markus Sieber e pela cantora e harpista americana Angelika Baumbach. O espetáculo conta com a participação especial do percussionista mexicano Francisco Bringas Valdez. Livre. Teatro Sesiminas (600 lugares). Rua Padre Marinho, 60, Santa Efigênia, ☎ 3241-7181. Quarta (19), 20h30. R$ 100,00. Bilheteria: 13h/19h todos os dias. IR.

DO MORRO AO ASFALTO. Quinta edição do evento que promove a efervescência cultural de áreas periféricas. No sábado a Vila Acaba Mundo recebe as atrações Dois do Samba (Dudu Nicácio e Rodrigo Braga) e os convidados Sérgio Pererê, Marina Gomes, Lucas Fainblat, Serginho BH e artistas da comunidade. No domingo é a vez de o Bairro Serrano conferir as apresentações de Figa de Guiné, Aline Calixto, Marina Bueno, Cabral, Silvia Gommes, Heleno Augusto e Warley Henrique. Livre. Praça Carioca (atrás da Praça JK, próximo à Avenida Bandeirantes), Vila Acaba Mundo; Zap 18 — Zona de Arte da Periferia. Rua João Donada, 18, Serrano. Neste sábado (15), 16h, e domingo (16), 17h. Grátis.

MORTEN HARKET. Mais conhecido por ter sido o líder da banda norueguesa A-Ha, o cantor lançou neste ano o álbum Out of My Hands, quinto trabalho de sua carreira-solo. Com o grupo, foram nove discos e muitos sucessos que marcaram época. Em turnê pelo Brasil, ele desembarca em Belo Horizonte para mostrar seu show e sua aveludada voz. O trabalho contou com a contribuição de diversos artistas, entre eles a banda The Pet Shop Boys, além de alguns compositores escandinavos. 14 anos. Chevrolet Hall (5 500 lugares). Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230, Savassi, ☎ 3209-8989. Domingo (23), 21h; R$ 150,00 a R$ 250,00. Bilheteria: 12h/20h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom. e feriados). Cc: todos. Cd: V e M. TF. www.chevrolethallbh.com.br.

MOSTRA CANTAUTORES. A iniciativa é voltada para promover e destacar o trabalho de compositores que também se dividem na função de intérpretes de suas músicas. As apresentações começaram neste mês e se estendem até outubro. Nesta segunda apresentação, os músicos Jennifer Souza e Kristoff Silva mostram seus trabalhos autorais. Livre. Casa Una de Cultura (60 pessoas). Rua Aimorés, 1451, Lourdes, ☎ 3235-7314. Sexta (21), 22h. Grátis.

ORQUESTRA BRASILEIRA DE MÚSICA JAMAICANA. Promove releituras de famosas canções brasileiras com influência de sonoridades jamaicanas. Nessa mistura de ritmos já entraram canções como Águas de Março, O Guarani e Garota de Ipanema. Apresentam-se ainda a banda mineira Pequena Morte e os DJs do movimento urbano Roodboss Soundsystem. Granfinos (850 pessoas). Avenida Brasil, 326, Santa Efigênia, ☎ 3241-1482. Neste sábado (15), 22h. R$ 30,00 a R$ 40,00. Cd: M e V. www.granfinos.com.br.

STONE METAL FEST. Com objetivo de fortalecer e unificar o cenário heavy metal de Belo Horizonte, o evento chega a sete edições. Neste ano, nove grupos se revezam em dois palcos distintos. Participam as bandas Metraliator, Dunkell Reiter, Mata Borrão, Mortifer Rage, Facínora e Silent in Fear, The UnhaliGäst, Flageladör e Lustful. 18 anos. Stonehenge Rock Bar (400 pessoas). Rua Tupis, 1448, Barro Preto, 3271-3476. Neste domingo (16), a partir das 15h. R$ 20,00.

THIAGO IORC. No álbum de estreia, chamado Let Yourself In, ele já conseguiu se destacar no cenário musical. Agora, quatro anos depois, apresenta show com repertório do disco Umbilical, que contou com o americano Andy Chase na produção. Cantando somente em inglês, Tiago emplacou sete músicas em trilhas de novelas da Rede Globo nos últimos quatro anos. Seu primeiro disco frequentou a parada Bilboard do Japão. Livre. Grande Teatro do Sesc Palladium (1 321 lugares). Avenida Augusto de Lima, 420, Centro, ☎ 3214-5350. Sexta (21), 21h. R$ 40,00. Bilheteria: 9h/21h (ter. a dom.). Cc: V e M. Cd: V e M. IC. www.sescmg.com.br.

TUDO É JAZZ. Acostumada a eventos durante todo o ano, Ouro Preto recebe a 11ª edição do festival de jazz. O evento já foi apontado como o melhor da América Latina, mas esta edição não ostenta o mesmo brilho de antes. Apesar dos tropeços, a organização conseguiu trazer nomes consagrados e novos talentos do gênero. A aposta da vez é a excepcional instrumentista catalã Andrea Motis, de apenas 16 anos. No sábado ela toca junto do conterrâneo Joan Chamorro. Um dia antes, Cida Moreira e Thiago Petit dividem o palco; a clarinetista Anat Cohen aparece com Romero Lumbabo (Israel); e João Bosco chega com sua filha, Julia Bosco. O gaitista francês Charles Pasi é outra atração. Intervenções musicais serão executadas nas ruelas da cidade pelos saxofonistas nova-iorquinos Jesse Scheinin e Eddie Barbash. 18 anos. Centro de Artes e Convenções da UFOP (1 700 pessoas). Rua Diogo de Vasconcelos, 328, Pilar, Ouro Preto. R$ 30,00. Até este domingo (16). www.tudoejazz.com.br.

VANESSA DA MATA. Entre as cantoras que também fazem composições, ela é uma das melhores. A cada álbum que lança é certo que boas músicas virão. O mais recente deles, o disco Bicicletas, Bolos e Outras Alegrias, não foi diferente. O trabalho é repleto de boas canções que conseguem falar de amor de uma forma inteligente, algo um tanto incomum na música brasileira atual. Além dele, o repertório desse show conta com os indispensáveis sucessos da cantora, como Amado e Não Me Deixe Só. Acompanham a artistas os músicos Gustavo Ruiz (guitarra), Donatinho (teclados), Stephane San Juan (bateria), Maurício Pacheco (guitarra) e Kassin (baixo), que assina também a direção musical do show. 16 anos. Chevrolet Hall (5 500 lugares). Avenida Nossa Senhora do Carmo, 230, Savassi, ☎ 3209-8989. Neste sábado (15), 23h; R$ 70,00 a R$ 90,00. Bilheteria: 12h/20h (seg. a sáb.); 14h/20h (dom. e feriados). Cc: todos. Cd: V e M. TF. www.chevrolethallbh.com.br.

WISHBONNE ASH. A banda inglesa de rock progressivo dos anos 1970 se apresenta pela primeira vez em Belo Horizonte. O grupo é considerado precursor na técnica das guitarras gêmeas e influenciou outras bandas como Eagles, Iron Maiden e Thin Lizzy. Neste show, o grupo celebra 40 anos do clássico álbum Argus, que será executado na íntegra. O disco foi votado como o melhor álbum de rock do ano de 1972, segundo as revistas Melody Maker e Sounds. 18 anos. Granfinos (850 pessoas). Avenida Brasil, 356, Santa Efigênia, ☎ 3241-1482. Domingo (23), a partir das 18h. R$ 80,00 a R$ 100,00. Ingressos antecipados na casa de shows, na loja Point Rock (Galeria do Rock, na Praça 7) ou pelo site sympla.com.br/granfinos.



Comentários
BUSCAR